10 Erros das Mulheres

Existem algumas atitudes e formas de pensar  que são acionadas de forma inconsciente. Algumas dessas reações aprendemos de uma forma social – as outras pessoas fazem, e nós mesmos acabamos fazendo o mesmo – tudo se passa de forma subconsciente.

No que toca a atrair e conquistar um homem e comportamentos nos relacionamentos amorosos é positivo estarmos cientes destes comportamentos. Muitos comportamentos estão certos, mas existem vários que são o equivalente a dar um tiro no pé. Muitos destas reações erradas são recomendadas em revistas e sites com dicas de conquista e relacionamentos.

Neste artigo eu vou explicar quais são os 10 erros mais comuns que as mulheres cometem com os homens e como resolver cada um dos problemas. Eu tenho a certeza que ao longo da sua vida você já cometeu estes 10 erros – não se sinta culpada, é normal!

Estes erros podem impedir você ter uma relação especial com o homem dos seus sonhos. Vamos falar nesses erros principais, para você pensar neles e corrigir um a um, melhorando as suas chances em ter um relacionamento feliz e saudável com o homem por quem você está apaixonada.

Aqui estão as 10 razões pelas quais as mulheres não vivem com o amor dos seus sonhos… Saiba como evitar estes erros!

Erro #1: Apostar a Sua Vida Amorosa no “Potencial” Dele

Você conhece alguma mulher que gostaria que o homem com quem ela esteja saindo se comporte de forma diferente?

Claro que sim. E tal como eu, eu tenho a certeza que tem amigas com namorados pouco especiais e que não as tratam tão bem quanto elas merecem.

Estas mulheres têm sempre uma desculpa para os defeitos do homem delas.

O que se está passando aqui? Na realidade é muito simples. As mulheres (e os homens) não baseiam a sua escolha de homens por eles serem “bons” e “simpáticos” para elas. As mulheres escolhem os homens porque sentem uma ATRAÇÃO por eles. E sabe que mais? Algumas mulheres continuam com um homem que não as está tratando bem. Por vezes durante meses e anos…

Mas porque é que uma mulher faz isso?! Bem, para simplificar as coisas, as mulheres confundem uma atração forte que sentem pelo homem com uma “conexão” profunda. As mulheres que fazem isso estão destinadas a ter relacionamentos falhados com os homens “errados”.

Como é que eu sei isso? Porque eu já vi isso centenas de vezes… Porque eu mesmo fui esse homem no passado. Pensando nos meus relacionamentos anteriores, eu era egoísta e não fazia muito por elas. Eu por vezes fico impressionado com a paciência que as mulheres têm comigo.

Mas essas mulheres ficaram comigo… Com a esperança que eu fosse mudar no futuro. As mulheres com quem tive relacionamentos tinham esperança que as coisas fossem ficar melhores.

A única coisa que elas viam em mim que as mantinha comigo era o “potencial” que eu tinha de partilhar os meus sentimentos e comunicar com elas. O potencial de ter uma coisa melhor e a chance de eu mudar e ser um parceiro, namorado ou companheiro melhor…

A verdade é que eu era um namorado mesmo mau. E o mais importante é que eu nem estava numa fase da minha vida onde eu sabia ou estava interessado em criar um relacionamento profundo e dedicado – com ninguém.

No fundo estas mulheres acreditavam que se fizessem um esforço… Eu me tornaria um namorado melhor. Elas acreditavam que me podiam mudar… E que isso iria ser fácil para nós dois. Na realidade era uma batalha perdida, uma coisa que não faz sentido.

Mas até você aceitar que muitas mulheres fazem isso e que VOCÊ pode estar fazendo isso, mesmo sem perceber, você NUNCA vai ter sucesso com os homens que você quer e deseja.

Nem os homens nem as mulheres reagem bem quando as pessoas os tentam mudar. Pense nisso.

Erro #2: Assumir Que Você “Entende” os Homens e a Psicologia Masculina

Os homens são diferentes das mulheres. Você tem de aceitar esse fato, não adianta ignorar. Quando uma mulher vê um homem, ela consegue ver muito rapidamente certas coisas do seu estilo, linguagem corporal, status, caráter e muitas outras coisas.

Muitas mulheres nem tem consciência que fazem isso porque fazem sem pensar, uma mulher simplesmente vê e entende essas características de um homem. Mas será que o mesmo se aplica aos homens? Como você já deve saber, os homens são muito mais visuais.

Em resultado disso, eles muitas vezes não entendem os sinais não verbais (não têm intuição) como as mulheres entendem. Muitas vezes os homens não têm a sensibilidade e a intuição que as mulheres têm. As mulheres parecem não se lembrar disso.

Então como é? Os homens se sentem sexualmente atraídos pelas mulheres só pelo aspeto físico? Ou existe outra coisa que os atrai? Bem, depois de estudar esse assunto durante anos, e depois de falar com milhares de homens e mulheres, eu posso dizer que os homens têm os seus “mecanismos de atração” que não reagem só com a aparência física.

Isto é especialmente importante para relacionamentos longos. A aparência é somente a parte mais obvia… Mas a aparência NÃO é o aspeto mais poderoso. Se você souber como utilizar a sua linguagem corporal e comunicar corretamente, você pode criar no homem a mesma atração sexual que você sente quando vê aquele homem bonito que acabou de conhecer.

Isso não acontece por acidente ou por sorte… Você tem de aprender a fazer isso. Qualquer mulher pode aprender como funciona.

Erro #3: Fingir Ser Uma Mulher Diferente Por Um Homem

Muitas mulheres fazem coisas para chamar a atenção do homem, para tentar fazer com que ele goste de você, ou para aumentar a atração que ele sente por você, ou tentar fazer ele ficar apaixonado por você.

Essa é outra ideia HORRÍVEL. Muitas mulheres pensam que fazer coisas especiais para chamar a atenção de um homem vai fazer ele perceber que você é uma mulher especial – e que ele que isso vai fazer com que ele goste de você. Errado.

Os homens que você REALMENTE quer nunca sentem atração pelo tipo de mulheres que andam atrás deles, que fazem pequenos joguinhos para conseguir alguma atenção ou mulheres que se queixam sobre o que querem… NUNCA.

Não me entenda mal. Coisas como fazer olhares sedutores e encorajar ele a partilhar os seus sentimentos pode ser bom, mas isso tem de ser genuíno, sem egoísmo e acima de tudo na altura certa e do jeito certo. Você não tem de agir como uma mulher “fácil” para os homens gostarem de você, e de modo nenhum você precisa tratar ele como se fosse um presente do céu.

Fazer estas coisas tem um efeito subtil, no subconsciente do homem… Essas coisas vão baixar o seu status social com o homem, e isso tem TUDO a ver com a forma que ela olha para você como mulher. Por isso se você pensa que para ele ficar atraído por você tem de “entrar nas fantasias dele”… Pense de novo.

Você nunca vai ter sucesso quando está a tentar agradar um homem, tentando fazer ele se apaixonar por você através de sexo ou agindo como se fosse outra pessoa.

Erro #4: Partilhar Como Você Se “Sente” Demasiado Cedo

Outro grande erro que a maioria das mulheres comete quanto conhecem um homem é dizer o que elas “sentem” por ele demasiado cedo.

Tome atenção… Os homens atrativos, solteiros e com sucesso são muito raros. Eles recebem MUITA atenção das mulheres. A maioria das mulheres não percebe isso, mas os homens atrativos são abordados de uma forma ou outra a toda a hora.

E sabe que mais? Os homens atrativos já conheceram e saíram com muitas mulheres. Pois é. Eles têm EXPERIÊNCIA. Eles sabem o que podem esperar de uma mulher. E a coisa que faz um homem atrativo fugir o mais rápido possível é…

Uma mulher que diz “Sabe, eu gosto mesmo MUITO MUITO de você” depois de um ou dois encontros. Isso mostra ao homem que você é como uma daquelas mulheres que se “colam” ao homem e querem voar para um relacionamento e você não consegue mais esperar até um homem preencher e completar a sua vida.

Isso não é ATRAÇÃO para um homem. Isso é CARÊNCIA e ABORRECE. Não faça isso. Se encoste à cadeira. Relaxe. Existe uma forma muito mais fácil…

Erro #5: Entender Mal Os “Sinais” Importantes que os Homens Mandam

Os homens estão comunicando constantemente como eles se sentem em relação a uma mulher, e revelam grandes segredos sobre como se sentem. A maioria das mulheres não presta atenção a estes sinais ou nem reconhece o verdadeiro significado deles.

Os homens enviam 4 tipos de sinais:

1. Sociais: Onde o homem se encontra na sua vida – estabilidade, confiança, direção de vida.

2. Emocionais: Se ele está ou não emocionalmente disponível.

3. Físicos: Se ele se sente atraído por você, e por que razões.

4. Estado amoroso: se ele está aberto à possibilidade de criar e manter um relacionamento no futuro.

O mais engraçado é que os homens enviam estes sinais sem pensar. Isso é uma boa noticia para as mulheres… Eles não conseguem evitar!

Você tem de aprender a reconhecer esses sinais para conseguir ter um relacionamento sério com um homem.

Erro # 6: Confiar Na Sua Intuição Para Julgar o Caráter de Um Homem

As pessoas não são fáceis de entender, especialmente os homens. Nos últimos anos da minha vida eu estive centenas de horas a aprender a entender pessoas. Eu estudei o comportamento humano, e mais especificamente como as pessoas pensam e agem quando estão na fase inicial dos relacionamentos.

Na minha experiência, tanto os homens como as mulheres tem as suas formas especificas de comunicar. Mas você só pode entender essas formas de comunicação secretas se souber onde procurar.

As mulheres comunicam com palpites, linguagem corporal, sarcasmo e flertando quando estão conhecendo um homem. Uma mulher pode mostrar diretamente ou indiretamente ao homem o que você está pensando em um relacionamento mais sério.

Os homens são diferentes. Os homens geralmente comunicam com sarcasmo, humor, pretensão e outras formas “indiretas” de demonstrar o seu status. Muito RARAMENTE um homem diz honestamente se ele está ou não pronto e se é capaz de criar um relacionamento com significado.

Além do interesse sexual, os homens enviam muitos sinais indiretos sobre os seus pensamentos. Se você não sabe como ler os sinais que os homens estão mandando, então pode entender mal a mensagem. Receber as mensagens erradas dos homens é a maior causa de dor e desgosto amoroso que as mulheres têm. Você pode evitar essa dor aprendendo a identificar e ver as diferenças entre um homem bom e um homem mau para um relacionamento.

Erro #7: Acreditar Que Um Relacionamento Vai Fazer Você Ficar Feliz

Um erro que muitas mulheres cometem é pensar que um homem vai mudar a sua vida e tornar você feliz e satisfeita… Que um relacionamento vai completar você. Claro que existem relacionamentos onde isso acontece. Mas isso são exceções, não são regra. Nada é pior para fazer um homem fugir do que uma mulher que quer “tomar conta dele”.

E os homens que estão PROCURANDO este tipo de situação não são os mais saudáveis, carinhosos e amorosos que andam ai. Pense logo em “controlador, machinho com mania, ou problemas graves com a mãe!”

Eu vou ser claro… Acho que é importante que as pessoas alegrem e encham a vida das outras. Mas se uma mulher comunica que está procurando um homem para tomar conta dela, para torná-la “completa”, e essas coisas de filme – isso tem um efeito MUITO negativo sobre o que o homem vai pensar de você.

E isso não é algo que a mulher precise de dizer… Se uma mulher pensa ou se sente assim, o homem vai perceber de uma forma ou outra. É provavelmente a pior coisa que uma mulher pode fazer no inicio de um relacionamento com um homem.

Então, o que você pode uma mulher fazer? Você pode fazer o homem ficar interessado e envolvido na sua vida de uma forma mais “natural”, onde ele vai estar motivado para gostar de você e se importar com a sua felicidade de uma forma natural.

Esta é a única forma de fazer as coisas funcionar – nos homens ou nas mulheres.

A motivação interna é mais forte que a motivação externa. Mas é necessário saber como criar uma situação assim com um homem… E isso raramente acontece por sorte.

Erro #8: Tentar “Convencer” Ele a Gostar de Você

O que é que as mulheres fazem quando conhecem um homem de quem gostam MUITO… Mas ele não está interessado ou não quer um relacionamento sério?

Pois é! Elas tentam convencer o homem a sentir outra coisa. Bem… Tenho uma noticia para você…

VOCÊ NUNCA VAI MUDAR A FORMA COMO UM HOMEM SE “SENTE”… ELE ESTÁ ATRAÍDO OU NÃO!

Nunca vai acontecer. Não é possível convencer um homem a ter outros sentimentos com “lógica e palavras”. Pense nisso. Se um homem não “sente” nada por você, então como é que você pensa mudar alguma coisa “falando” com ele? Mas mesmo assim tentamos. Os homens até são os piores pois muitos tentam fazer isso com as mulheres.

Os homens estão sempre elogiando as mulheres que não gostam deles e compram prendas para elas. Por vezes as mulheres gostam desse comportamento, mas isso NUNCA faz uma mulher gostar do homem. Ela pode gostar de receber prendas, mas isso não muda a os SENTIMENTOS que ela tem por ele.

Quando um homem não está interessado e a mulher tenta e persegue, elogia, convence e dá o seu melhor para mudar as ideias dele com uma aproximação lógica e racional. É uma má ideia… Raramente funciona.

Erro #9: Não Saber o Que Fazer Em Cada Situação

Um homem tem sempre uma ideia clara do que quer numa mulher…

E eu não estou só falando em sexo. Eu sei, pode ser difícil de acreditar, mas se você está saindo com um homem, ele já tem uma ideia do que ele quer de você. E se você não sabe COMO descobrir o que ele quer, e se você fica sentada a flertar e a olhar para ele, ou a tentar os truques para fazê-lo ficar atraído por você… Não vai ser fácil!

Se você não sabe o que fazer em cada situação, provavelmente vai fazer besteira… e PERDER TUDO.

Erro #10: Não Pedir Ajuda.

Este é o maior erro de todos. Este erro é responsável pelas mulheres NUNCA terem o sucesso de encontrar um homem que realmente desejam para um relacionamento.

Eu sei, você não gosta de mostrar fragilidade ou ignorância. Nós não gostamos de pedir ajuda. Eu já estive nesse lugar também.

Eu vou falar um pouco sobre mim. Durante os últimos anos foi difícil para mim ver mulheres com dificuldades a entender os homens por quem estão atraídos ou com que estão saindo.

Isso me frustrou muito e eu tomei a decisão de ajudar as mulheres que conheço a aprender a ter sucesso com os homens e nos seus encontros.

Bem, depois de muito trabalho e depois de fazer muitas coisas malucas para aprender a verdadeira realidade entre homens e mulheres, eu finalmente consegui entender as coisas.

Eu já li dezenas de livros sobre psicologia, comportamento humano, livros de relacionamentos e sedução para homens e mulheres, amor, atração, comunicação e muito mais. Li tudo o que encontrei.

Agora eu consigo olhar e estar em quase todas as situações de encontros e posso sentir-me confiante e percebo o que se passa na interação.

O melhor de tudo é que posso partilhar o meu conhecimento e ajudar as mulheres a ter mais sucesso nos seus encontros e relacionamentos com os homens.

Foi uma experiência muito gratificante e foi assim que eu fiquei fascinado com a perspectiva feminina do mundo dos relacionamentos.

Eu consegui ajudar as mulheres a livrar-se daquele sentimento doloroso e inseguro… Aquele que você tem quando está sozinha, quando está magoada, quando alguém mentiu para você, quando foi traída, ou quando ele diz que “não está preparado”.

Você não precisa ter medo de alguém te enganar, mentir ou trair você ou mesmo ter medo de acabar sozinha. Eu tenho este site grátis para você. As boas noticias são que depois de vários anos a ajudar mulher atrás de mulher, eu publico uma newsletter que ensina todas as mulheres a aumentar DRAMATICAMENTE o seu sucesso com os homens nos seus encontros e relacionamentos.

Eu quero convidar você a subscrever. É grátis, não tem obrigações e eu nunca vou partilhar o seu endereço de email com ninguém, e você pode eliminar a sua subscrição quando quiser. (E não, não vou enviar spam e outros emails maus para você.)

Com este site e esta newsletter você vai encontrar dezenas de estratégias especificas para vencer os seus medos, conhecer homens, dar boas ideias para encontros, como criar um relacionamento sólido e sem traição e como ter uma relação mais “emocional” e física de uma forma suave e fácil.

Quase me esqueci… Nestes tempos da “gratificação instantânea”, isto pode parecer um esquema de milagroso para resolver os seus problemas até ao final da próxima semana. Não é esse o caso. Eu já gastei muito tempo, esforço e energia a estudar, observar e a entender esta área da vida.

O meu objetivo foi criar um livro para QUALQUER mulher conseguir entender tudo isso. Algo que você pode começar a utilizar IMEDIATAMENTE para conhecer, atrair, ter encontros e conseguir começar um relacionamento com um homem de que você gosta.

Eu quero ajudar você a criar um relacionamento espetacular com o homem certo… Sem ter de lidar com todos os homens errados, ser manipulada ou sentir desgosto e dor que eu ajudei outras mulheres a evitar.

Agora eu sei que QUALQUER mulher pode ter mais sucesso com os homens e com relacionamentos, e eu recebo emails todos os dias com agradecimentos e histórias de sucesso. Essas mulheres utilizaram o que aprenderam e encontraram homens espetaculares e estão em relacionamento de sucesso.

Eu sei, eu sei… Um livro que pode ensinar uma mulher normal a ter algum sucesso no mundo dos relacionamentos?

Não é bem isso! Acredite em mim, isto vai aumentar MUITO o seu sucesso, confiança, conforto e felicidade com tudo o que tem a ver com homens, encontros e relacionamentos. Eu garanto isso a 100%.

Se você quer levar o sucesso com homens e os seus relacionamentos ao próximo nível, e encontrar a fundação para o relacionamento que sempre desejou então veja o meu Livro Como Conquistar um Homem!

Comentários

  1. Silvia disse:

    Olá! Gostaria de saber se os seus conhecimentos se aplicam aos relacionamentos mais duradouros (2 anos). Não existe mais aquela paixão avassaladora, não o sinto tão próximo a mim. gostaria de saber como atrair novamente meu parceiro para que possamos levar o nosso relacionamento a um próximo passo. Grata.

    • Talita disse:

      Gostei muito do seu artigo e gostaria de pedir a sua ajuda, mas a minha situação é um pouco diferente… Depois de passar alguns anos em busca do namorado “perfeito”, tinha desistido… Comecei a sair mais com os amigos e não colocava mais isto como prioridade na minha vida. Foi nesse momento que eu conheci o meu atual namorado, mês que vem completamos 3 anos de namoro. No início do relacionamento, eu não era apaixonada por ele. Estava “vendo no que ida dar”. Mas com o convívio, comecei a gostar muito dele, amar mesmo… Tínhamos ideias/pensamentos/objetivos comuns. Mas há uns 3 meses nosso relacionamento está bastante complicado. Acho que ele está bem distante, não me liga com tanta frequencia (pra falar a verdade, ele só me liga quando tem alguma coisa pra falar/combinar comigo. Ele ligar pra saber como estou, bater papo é raro). Isso vem me incomodando bastante. Tentei conversar com ele, disse que o nosso relacionamento estava esfriando, que não estava legal. Mas ele insistiu que não tem nada esfriando… Que a cada dia me está mais apaixonado por mim, mas as atitudes dele me dizem o contrário. Na verdade, não sei se ele não tem coragem de terminar o relacionamento, às vezes penso que pode ser isso! Durante essa fase de crise, tive um envolvimento rápido com um professor meu, nada sério… Como meu relacionamento não estava bom acabei me envolvendo com este professor. Porém, continuo a amar meu namorado, mas fico sempre na dúvida se ele ainda tem o mesmo interesse por mim… Hora ele é carinhoso comigo hora ele não está nem aí. Sinceramente não sei o que fazer… Não sei se tento resgatar este relacionamento ou se é melhor eu partir pra outro. Me ajuda! Aguardo o seu contato o mais breve possível. Abraços!

  2. Ana Paula disse:

    Não cosigo ter um relacionamento duradouro com ninguém. Quando acho que esta indo tudo bem e dou uma prensadinha, pronto, tudo vai pro ralo. Sofro muito. Gostaria de ter umas dicas como conquistar naturalmente um homem.

  3. Carla disse:

    Muito bom! Gostei das dicas!

  4. Ju disse:

    Por favor, passe-me seu e-mail para que possamos conversar, gostei de seus artigos, achei-os ricos em sinceridade, penso que poderia me ajudar em um caso. Obrigada. Abraços.

    • Euzinha disse:

      Querida,

      Leia o livro. Você não pretende conseguir o e-mail dele e todo suporte de graça, né?

  5. Cláudia disse:

    Adorei tudo que li por aqui!! Você é muito bom no que faz, está de parabéns!! Quero aprender mais, porque eu me vi em muitas coisas erradas que você contou acima!! Desejo cada vez mais sucesso a você!! Abraço

  6. Daniele disse:

    Me ajude por favor… estou sofrendo muito

  7. Leah disse:

    Quero todas as dicas para agir da melhor forma nos relacionamentos. Obrigada

  8. Lelis disse:

    Boa tarde. Tenho um sério problema. Sou uma mulher muito bonita, cativante e sempre tive sucesso nas conquistas, mas infelizmente nunca consegui amar ninguém. Sempre tive olhos para outros homens e muitas vezes terminei porque nunca amei.
    Hoje tenho 28 anos e conheci um cara atraente, estruturado, de sucesso profissional. Ele se interessou por mim de cara ,pediu meu telefone para pessoas que conhecemos em comum e eu também me interessei. Começamos a conversar uma semana por e-mail antes de sairmos. Sai com ele uma vez e ficamos. No dia seguinte nos vimos e assim foi. Não rolou nada intimo durante algumas vezes. Na última vez que ficamos, ficamos um pouco mais intimo mas nao rolou o fato consumado. Ele se abriu muito comigo e disse que nunca foi de se abrir assim. Comentou que nunca tinha sido fiel em um relacionamento, mas que quando se relacionar novamente quer fazer valer a pena e às vezes quando estamos um pouco mais intimos ele vive dizendo para eu prepará-lo somente para mim… e as vezes percebo que eu o intimido… ele tem um certo receio. Sei que ele está bem afim de mim, mas às vezes ele se distancia um pouco, não sei o que faço… como reagir diante disso? Obrigada.

  9. Miriam disse:

    Fui convidada pra jantar fora, confesso que estou me sentindo atraída por ele, e graças a Deus não deu tempo de cometer nenhuma “gafe” feminina ainda… rsrs… bem estamos nos conhecendo, a atração é recíproca, ele é bastante decidido e já está falando da sua situação financeira, se exibindo com a sua solteirisse, etc… Gostaria de saber, se depois desse encontro eu continuar interessada nele, como devo agir, e nesse primeiro encontro… o que vestir, como me portar “sou muito espontânea e feliz”… gosto de fazer piadas, mas sou bastante sincera…. desde ja agradeço. Míria

  10. Jana Souza disse:

    Olá! Como conduzir uma relação a distancia? Noinício ela me ligava 3 x por dia e hoje as vezes fica 1 ou 2 dias sem ligar e eu sempre ligo. Como sempre o trabalho exige muito dele, pois tem uma jornada que vai das 05:00 as 22:30, mas sempre nos falamos pela net. Ele vive me pedindo desculpas por não conseguir ligar. E quando ligo ele agradece por eu ter ligado e diz que ama o fato de eu sempre fazer isso. Minha dúvida é a seguinte, devo continuar ligando? Ele será realmente verdadeiro? Preciso de ajuda…

  11. Karrine disse:

    Preciso de ajuda urgente. Tínhamos um relacionamento tão bom, ele me ligava todos os dias, mandava-me msgs lindas e românticas, disse que gostava muito de mim, que podia-se dizer que tava me amando, que nunca sentiu isso por namorada nenhuma. Aí acho que estraguei tudo, quando resolvi ser recíproca e enviando msgs do tipo: “Te adoro muito, nunca esqueça disso…” a final só tínhamos quase 2 meses de relacionamento.

    Daí de uns dias pra cá, ele demorava de me ligar, sempre tinha uma desculpa para vir me ver, (já tem um mês que não o vejo) mais ele ainda diz que quer me ver, que quer que eu o escute sobre a explicação que ele tem a me dar…

    Ultimamente brigamos muito, quando ele marca que vem aqui, mas depois liga com uma desculpa até um pouco convincente… Ontem minha amiga veio me contar que ele tem uma namorada, que antes de me conhecer já estava com ela, fiquei arrasada! Não consegui entender como aquele homem que sempre demonstrava querer algo comigo sério, (no começo quem não queria era eu, mais ele me disse que queria alguém para o amor, e que parecia que eu não gostava dele o suficiente), aí deixei-me levar, fui gostando e confiando, ele era diferente de todos os homens que conheci, pois demonstrava-me que não só estava comigo para transar, ele vinha me ver, só com o propósito de matar a saudade, não queria transar… entende?

    Ele me ligava a gente conversava e depois na mesma hora ligava de novo, dizendo que era só para ouvir minha voz… Eu sempre desconfiava que ele tinha uma namorada onde ele mora, pelo fato de algumas vezes quando eu ligava pra ele, não o atendia o celular, depois me mandava uma msg, do tipo”me tapeando”.

    Pensei em terminar, mas agora decidi que vou lutar pelo que quero, nunca consigo ser feliz no amor, ele foi o segundo homem na minha vida que realmente me mostrou que sentia algo a mais além do sexo. O primeiro perdi não sei pelo quê! Simplesmente terminou comigo, nem ao menos por causa de outra, será que sou muito azarenta ou faço alguma coisa errada?

    Agora mandei uma msg dizendo que quero resolver nossa situação, ele disse que vem esse fim de semana pra gente resolver. Não quero perdê-lo apesar dele ter mentido pra mim, mas sempre sou muito passiva, não luto pelo que quero, ele diz que ainda passaremos muitos dias, anos juntos, o que eu faço?

    • Andréia disse:

      Karina, li seu comentário, na boa se sua amiga disse isso pra você! Você nem deveria pensar duas vezes, termina de vez com esse garoto, isso não é um homem e sim um moleque. Mesmo que ele acabe ficando com você, vocês nunca serão felizes porque ele sempre vai te enganar! E sai um pouco, conheça pessoas novas, tenho certeza que você vai encontrar alguém melhor!

  12. Daiana disse:

    Estou paquerando uma pessoa a mais ou menos 3 meses, mas so há um mes dei indícios a ele. Ate agora so ficamos nos olhares e nunca ele chegou em mim.

    Um dia nao consegui entrar numa balada onde ele estava e fiquei na fila por 3 horas tentando entrar… o pior: sozinha. Quando ele me viu la fora, na mesma hora pediu para o segurança me colocar pra dentro, mas realmente nao entrava ninguem, entao ele pagou e saiu da balada minutos depois.

    Me desesperei peguei meu carro e fui embora, não sabia como reagir, mas ele me alcançou e me deu explicações “Olha você viu que eu tentei que você entrasse mas não deu…” Fiquei tão nervosa que dei tchau e fui embora. Ele piscava o farol pra eu parar, mas achei que ele tinha que falar pra eu parar e nao dar farol. Depois disso ele nunca mais chegou so me olha de longe e me comprimenta como amiga.

    Mas estou apaixonada e não sei como fazer com que ele chegue novamente. Acho ele muito devagar, isso me irrita,queria que ele fosse mais objetivo e chegasse junto! Sera que ele está interessado e esse encontro vai acontecer um dia.

    Como inverter essa situação?

  13. Maya disse:

    Olá! Adorei o livro e tem muitas coisas que eu vi nele que já cometi ou vi amigas cometerem! Só agora fui perceber que muita coisas que você disse eu fiz com todos os relacionamentos até eu me bater com o meu AMOR PROPRIO! Acho que isso é inevitavel para garantir um relacionamento duradouro é amar-se e valorizar-se. Eu até sou independente, odeio que me prendem assim como também nunca prendi ninguem. Acho que tudo devemos deixar livres para saber-mos se realmente nos merecemos… mais eu acabava sempre esperando demasiado de todo mundo, esperava o que eu não tinha em mim mesma!

    Se eu dizer que foi com livros de auto ajuda que melhorei minha forma de pensar, estarei mentindo. Chega uma hora em que você se pergunta de tudo então tive a ATITUDE de falar pra mim mesma: NÃO VOU PEDIR PARA NINGUÉM E NEM ESPERAR DE NINGUÉM aquilo que eu não tenho em mim mesma! Um dia li um proverbio chinês e la dizia mais ou menos assim vou simplicar mais ainda!

    “Olhe no espelho e diga o que você se sente a respeito de tudo o que se passou em sua vida, diga e peça resposta a sí mesma” então eu fiz e vi que estava vivendo demais dos outros esquecendo de mim. Apesar de me achar tão independente eu ainda estava acorrentada a algumas pessoas… e nesse proverbio na ultima linha estava escrito “PODERÁ MENTIR PARA TODO MUNDO MAS PARA SI PROPRIO, ISSO NUNCA PODERÁ…” e realmente é verdade.

    Minha maturidade me assusta as vezes, tem muitas pessoas que são muito mais velhas do que eu e não tem os mesmo conceitos. Não que eu seja uma sabia ou algo assim, e nem que eu tenha vivido muito.

    Mais eu aprendi muito vendo os erros dos outros, do conselho para muitas amigas que são bem mais velhas do que eu… Mas resumindo, como já disse o maior erro da mulher é NÃO TER AMOR PROPRIO. Leve isso pois se tem uma coisa que aprendi até hoje é que A VIDA CONTINUA… então não se lamente!

    Agora vou dizer algo que vai mudar completamente seu conceito, isso é só pra você ver o que nossos pensamentos são capazes de fazer… TENHO 16 ANOS… sim sem mentira alguma. Não sei o que estão pensando agora, aliás nunca me deram 16 mesmo! E se você depois que falei minha idade pensar o que uma garota de 16 anos sabe sobre a vida eu respondo: MAIS DO QUE VOCÊ PENSA… pois ouvi aqui vi muitas mulheres dizendo seus proprios erros, melhor estampando eles na cara eu sei meu erro mais também não tenho medo de dizer: Mulheres tem costume de fazer isso normalmente, ver os erros dos outros mais não ter capacidade de resolver os seus! Bom… só queria deixa esse recado pois me vi muito em minha mãe que teve um relacionamento de 35 anos com meu pai assim como minhas irmãs e amigas etc… sabe o que sempre faltou nelas, sim vou repetir novamente mais termino por aqui: AMOOOOOOR PROOOOPRIOOOOO. Procure o significado disso e verá do que estou falando!

    Beijãão e parabéns pelo livro adorei ele realmente!
    Se pode me adiciona gostaria muita de converssa contigo ;*
    Sucesso!

  14. Lais disse:

    Oi, em primeiro lugar gostaria de te elogiar pelas coisas que escreve que transmite sinceridade em suas palavras. Amei ter lido os 10 Erros das Mulheres! Gostaria que voce conversar-se mais comigo. Obrigada e tudo de bom… bjos

    • Conquistar um Homem disse:

      Lais: Fico feliz por ver que artigo dos 10 Erros das Mulheres foi util. Pode ler mais artigos do site pois acho que todos são importantes.

  15. Lane disse:

    Eu adorei. Mas o meu namorado e um caso perdido, vou entregar os pontos e terminar tudo. Ele mente, engana, trai e sei la mas o que. Eu ja entendi que não é ele que tem que mudar sou eu. Eu cobro fidelidade mas ele nunca foi com ninguem, eu cobro verdade mas ele nunca fala comigo nem com ninguem… ele é o que é e eu sou o que sou portanto já percebi que eu é quem precisa de mudança…

  16. Lilian disse:

    Boa tarde! Adorei esse artigo, achei ele muito interessante. Não sei o que fazer, tenho 25 anos, trabalho, faço faculdade, sou simpatica, bonita, mas esta faltando alguma coisa em mim, que ainda não consegui descobri o que, não consigo me relacionar com ninguem por mais de 2 meses, nunca namorei, no inicio os homens querem ficar sem compromisso. Me tratam como uma rainha, demostram interresse por mim, mas quando chega proximo de completar 2 meses eles se afastam e terminam, não entendo porque?

    Isso acontece sempre, é sempre assim, agora mesmo estou a 1 e meio ficando com um rapaz da faculdade. Ele é da mesma sala que eu, quando ele esta comigo, ele é super carinhoso e parece estar gostando, conversamos e ele foi sincero comigo, disse que nesse momento não quer namoro serio, pois tem pouco tempo que ele terminou um relacionamento (namoro) de 2 anos e estava muito recente, disse para ele que tudo bem, apenas queria sinceridade dele, que caso ele não queira mais, para ele me avisar e não fazer igual ao que os outros homens fazem… simplesmente sumir e parar de procurar.

    Continuamos assim dessa forma sem compromisso, mas essa semana estou percebendo que ele esta diferente , não esta me ligando mais com a mesma frequência que antes, vai fazer 2 meses semana que vem, por favor me ajude a enteder o que acontece, e onde estou errando ??

    Beijos….

    • Conquistar um Homem disse:

      Lilian: Não existe uma barreira mágica aos 2 meses de namoro, isso está na sua cabeça. O que você está a fazer mal é a falar demasiado em compromisso antes de chegar a hora. Leia este artigo dos 10 erros outra vez. Você está a ser muito carente e fez alguns dos erros. Resolva isso e ainda pode salvar esse relacionamento. Leia o artigo com atenção e pense como pode aplicar o que aprendeu na sua vida. Ler as coisas e não aplicar não dá resultado.

    • Lay disse:

      Eu acho que se o cara mesmo já te falou que não quer nada sério agora e você disse que tudo bem, para que esperar algo a mais do que isso? Se você quer algo sério e alguém que você está não quer, largue quem está e procure alguém que esteja na mesma sintonia que você, pode ser que encontre ou não, mas, é melhor do que ficar na esperança de que “ele caia na real” e te queira!

  17. Weza Jose disse:

    O meu problema e o seguinte. O meu ex-namorado quer voltar comigo mais eu tou na duvida se eu voltar com ele pode me achar muito facil. Mas eu quero estar com ele por favor ajuda-me. Já nao quero sofrer!

  18. Luana disse:

    Nossa, adorei, muita obrigada mesmo, ajudou bastante saber os 10 erros que nós mulheres cometemos, eu ja cometi muitos, mas a partir de agora acho que irei errar menos. Muito obrigada mesmo.

  19. Erica disse:

    Faz 1 ano e meio que me casei mas minha vida sexual com meu marido ta um caos ele nao me olha , parece que nao me deseja eu converso com ele sobre isso e ao inves de dialogarmos ele fica enfurecido e com raiva e eu continuo me sentindo um verme… porque hein?

  20. Vanessa disse:

    Já namoro a 4 anos e o meu namorado nem toca no assunto de casamento, diz que esta cedo e que nao estamos preparados para isso ainda! Mas às vezes acho que ele não quer se casar e esta me enrolando. O que eu faço?

  21. Alessandra disse:

    Não consigo ter um relacionamento duradouro com ninguém. Quando acho que esta indo tudo bem e dou uma prensadinha, pronto, tudo vai pro ralo. Sofro muito. Gostaria de ter umas dicas como conquistar naturalmente um homem.

    Estou saindo com um homem desde o carnaval e continuamos a sair e envios de mensagens, eu tenho 39 anos e ele 48 anos, estou cheia de medos e insegurança, até porque as coisas ultimamente nao dao continuidade no campo afetivo.

    Pode me ajudar?

  22. Carla disse:

    Olá, muito bom dia!!!
    Primeiramente quero agradecer pelas dicas acima e confessar que claro, como mulher já cometi e tenho cometido váaaaaaaaaaarios deles. Por favor, preciso de ajuda, ou melhor,eu sei o que devo fazer, apartir da leitura deste site, porém não sei como. Tentarei resumir a história, pois é muito longa.

    Tenho 32 anos, solteira, resido com mãe e padrasto e não possuo filhos. Sou recém formada e em algumas vezes da minha vida, já maltrarei alguns homens. Hoje, a história é bem diferente. No bairro que moro, bem próximo á minha casa, conheci um rapaz no dia 28 de Julho de 2009, me levou de moto táxi á um lugar e de lá para cá, nos tornamos amigos.

    Sou da Assembléia de DEUS, e iniciei uma oração pela sua vida, em todos os sentidos. Muitas vezes falei e falo do amor que DEUS sente por ele e as mudanças as quais nosso CRIADOR quer fazer no seu viver. Nesse período até hoje, comecei a gostar dele. Uma colega nossa em comum, contou pra ele e ele, sem hesitar me perguntou na lata mesmo. Demorei um tempo, mas de tanto ele insistir, eu confessei.

    Havia momentos que me tratava muito bem; outros, nem me olhava direito. Ele é separado (morava junto) e tem uma filha de 4 anos. Bem, a cada dia fomos ficando mais ligados, eu, horrivelmente e compulsivamente comecei a enchê-lo de presentes, bíblias… cds… camisas… livros… e á uns 2 meses o pior! Ele me pediu um dinheiro emprestado. A dívida já está em quase R$600.00 e sempre me paga depois… na outra semana, ou nem toca no assunto.

    Seus amigos, da segurança, onde ele trabalha, me elogiam, dizem que sou louca de gostar dele, que é um safado… (sei que ele sai com algumas meninas do bairro), ele mesmo já me falou uma vez, diz que é homem e tem necessidade, mas nada sério. Por outro lado, quase já arrumou confusão em me defender quando tentaram falar mal de mim. Me defende de tudo.

    Repara minhas atitudes e quando necessito de um favor, está sempre disponível. Me elogia, já demonstrou ciúmes e quando passo arrumada me pergunta aonde vou, com quem, se vou demorar. Falou que me respeita muito, que quer, me deseja, porém tem uma barreira que não permite que ele me toque (sei que é DEUS), pois ele é muito diferente daquilo que desejo, além de tudo é fumante e bebe todos os dias.

    Ultimamente, tem se esforçado para parar de beber, me pediu ajuda para tal feito. Estou sempre alertando, falando coisas sérias, de mudança de caráter, voltar a estudar e ser responsável. Ele sempre ouve e diz que tenho razão, mas que detesta ser chamado atenção ou cobrado. O máximo que chegamos sempre é na despedida, nos entregarmos á um abraço forte e duradouro.

    Viajei, fiquei 1 mês fora, retornei semana passada, de lá para cá, ele tem me tratado muito bem, disse que estava com saudade, me pegou no aeroporto, mesmo em horário de trabalho, todo carinhoso. Domingo passado, me chamou para conversar, e ficamos dás 22:15 ás 01:40h conversando… ele me falou sobre sua infância, medos, mágoas do pai, sentimentos de insegurança quanto a vida profissional e o amor imenso amor que sente pela filha. Sendo que ontem, veio aqui em casa e me pediu um dinheiro novamente e falou que me pagará no próximo sábado.

    O ruim disso tudo, é que parece que ele já descobriu que é só chegar perto de mim e pedir o que quiser, que não consigo negar. No início, eu gostei mais dele, porém hoje, DEUS tem me mostrado que estou sendo usada, ele até tem um carinho por mim, mas o que importa é que posso sempre ajudá-lo. O que faço? Tenho pensando em terminar inclusive a amizade, mas percebo que é um pouco agressivo e vingativo. Ele completou 27 anos no último dia 06. Mora na rua abaixo da minha, justamente a principal a qual passo todos os dias, o que torna impossível não vê-lo, pois sua família é dona da segurança do bairro. Por favor, preciso de uma luz….Obrigada pela atenção de todos!!!!

  23. Sarah disse:

    Olá eu tenho um relacionamento com um rapaz há 2 anos, não é um namoro certo, pq moramos em cidades diferentes, mas eu estou indo morar na cidade dele.

    Ele já mostrou varias vezes que gosta de mim, tanto nos gestos, como nas palavras… mas eu tenho muito ciume dele, e qnd eu falo algo eu sinto que ele não gosta. Enfim, eu tenho ciumes porque sei que lá na cidade dele ele namora com outras garotas, é obvio que nenhum homem vai aguentar ficar sem mulher.

    Eu gostaria de que você me desse algumas dicas para controlar meu ciumes e se eu devo fingir que não estou nem aí pra ele. Obrigada, estou aguardando sua resposta.

  24. Rosy disse:

    Olha eu amei muito seus comentarios e dicas e lhe digo mais eu literalmente preciso de voce, estou em todas as situações acima e não sei o que faço, tou realmente pensando em procurar um psicologo para uma ajuda, estou completamente confusa, insegura, triste e detalhe traida. Então tenha a certeza que o pouco que você me ajuda será de grande tamanho. Beijos e obrigado!

  25. Zara disse:

    Eu só tenho a agradecer todo o resultado dessa pesquisa que você gentilmente compartilha conosco!
    Realmente é de grande utilidade para a maioria das mulheres, onde me incluo, confesso que aprendi muito.

    Muito obrigada!

  26. Mary disse:

    Olá! Gostaria de ajuda, gosto ainda do meu ex namorado… Fui amiga dele durante quase 10 anos, começamos a namorar ciente que tem um nem o outro gostava de verdade… ao passar algum tempo comecei a gostar muito dele, namoramos quase 3 anos e terminamos após várias brigas e também por eu pensar em dar um passo a mais no nosso relacionamento.

    Ele já foi casado durante bastante tempo, tem anos que se separou… Tem um filho lindo que amo muito… e não é problema para mim.

    Tenho 27 anos e ele tem 42 anos. O que você acha? Ainda tem chances o nosso relacionamento? Fico com ele apesar do nosso namoro ter terminado há mais de um ano. E não estou tendo mais forças para lutar… Porem ainda gosto bastante.

    Obrigada e parabéns pelo site.

  27. K. Alice disse:

    O mais engraçado nisso tudo é que no meu caso está trocado: Os garotos é que cometem esses erros que você mencionou, enquanto eu dificilmente expresso meus sentimentos e sempre pareço afastada (mesmo amando muito), enquanto eles ficam loucos e cobram que eu me expresse e ficam na minha cola me elogiando e falando em casamento!

  28. Beth. disse:

    Bom Dia! Feliz Páscoa! Tenho 48 anos e até hoje, o homem mais velho que beijei foi meu ex-marido que tem 45. Foi meu primeiro namorado. Namoramos 11 anos e ficamos casados 17. Estou separada há 4. Neste interim, aprendi a ficar e fui me reestruturando. Confesso que às vezes é muito complicado. Sou romântica. Bem, conheci um rapaz no dia 20/03. Assim que ele chegou, sentou-se ao meu lado e depois, que um ex-aluno me deu uma trégua, conversamos.

    Daí, ele me deu o telefone dele e perguntou se meu coração estava fechado. Eu disse que sim, mas depois a turma começou a botar pilha pra eu dar um passeio com ele, fomos e nos beijamos. Mas estava ansiosa, pq há um ano não estava com ninguém. Fui embora logo depois. Na segunda, o amigo dele ligou pra minha amiga pra saber se nós havíamos nos ligado. Ela disse que não sabia de nada e me ligou. Eu disse que não, mas acabei ligando na quinta. Conversamos e ele disse que estava desempregado, com dívidas e inclusive pensão atrasada. disse que quis me ligar, mas achou que eu não estava interessada e ele estava sem crédito. Ficou de me ligar no sábado, caso viesse ao bairro que moro. Não ligou e eu tb, não fiquei esperando. No domingo, o amigo dele ligou pra minha amiga e marcou com ela em um forró, na Brisa.

    Ela disse que estaria comigo. Lá pras tantas eles apareceram e ele parecia surpreso de me encontrar lá. Foi logo me apresentando a outro amigo dele e dizendo que era sobre mim que ele tanto falara. Acabou me puxando para o lado e me beijou. Disse que quis me ligar, mas ele deu assistência ao amigo que amputou a perna e saiu tarde e os amigos acharam melhor ele não me ligar. Ficou bonitinho comigo até eu ir embora. Pediu para eu ligar. Na quarta, liguei, mas não marcamos nada. Eu já tinho compromisso e ele devia ter tb. Na terça, dia 30, liguei e ele me deu o telefone da casa dele pra eu ligar. Conversamos muito. Inclusive, ele falou da ex, que ela ficava ligando, brigava e depois dizia que o amava. Que ele quase não atendeu o tel. achando que era ela. Que eles já tinham acabado de brigar e que ela jogou um monte de coisas na cara dele. Bem, ouvi aquilo tudo e murchei. Eu já tinha convidado ele pra tomar um chopp comigo. Ele percebeu, eu disse que seria apenas um chopp, que o coração dele não estava aberto. Que o meu estava começando a abrir pra alguém livre e legal. Ele ficou sem jeito e disse que queria me ver.

    Nos encontramos na quarta. Ficamos em um barzinho. Quando ele chegou, me beijou no rosto e na hora de colocar a cerveja no meu copo, tremia. Depois, ele relaxou e pôs a cadeira do meu lado e se abriu mais, me fez carinho…O bar fechou e fomos pra outro maneiríssimo que ele frequenta. Rock anos 80 e 90. Show. Todo bonitinho. Apresentou-me a alguns amigos que estavam lá e fomos sentar. Conversou comigo sobre as bandas, que eu não conhecia até que resolvemos ir embora. Então ele me levou pra uma pousadinha perto. Foi muito legal. Extremamente carinhoso. Dormimos agarradinhos.

    No dia seguinte, acordei e disse que precisava ir. Tomei banho, mas ele me segurou e tudo rolou novamente. No final, ele me olhou e disse que já havia saído com mulheres que não tinham a minha inteligência, beleza e corpo. Que eu não ligasse pra isso (tenho vergonha do meu corpo). Que eu já estava 70 por cento no coração dele. Ele se levantou depois, tomou um banho e saímos. Tomamos café juntos e depois, pegamos o ônibus e ele ficou no caminho e eu segui. À noite, ele me ligou pra saber se eu havia chegado bem. Ligou do tel. de alguém. Falei então, que ele era um fofo e ele riu e disse que eu tb. Hoje, Páscoa, mandei uma mensagem de Feliz Páscoa e só.

    Fui muito clara que quero alguém aberto. Tento aprender com os adolescentes que dou aula. Os ouço muito e sei que o mundo mudou. Não sei mais o que é certo ou errado, bonito ou feio em um relacionamento. Ligo ou não ligo. Ligar e ser inconveniente? Não sei. Como agir? Vc que ouve tanto…O que fazer? Escrevi um testamento, né? Desculpe. Sou muito ansiosa. Aguardo sua resposta. Obrigada. Beijinhos achocolatados pra você e toda a turma.

  29. Karol disse:

    A minha asituação é um pouco complexa, levo meu relacionamento muito a sério. Às veses hajo como se fossemos casados, sinto que o meu parceiro não gosta muito disso. Da última vez que conversamos ele me disse que a base do nosso relacionamento era atração. Sei qee ele ja gostou de mim de verdade mas hoje só me quer por sexo. Desejo conquistá-lo novamente. Por favor responda-me!

  30. Eliz disse:

    Oi! Gostei muito das suas dicas neste artigo, por isso resolvi pedir os seus conselhos. Tenho 28 anos, sou fisioterapeuta formada, sou simpatica, bonita, carinhosa (todas as qualidades que você já deve ter escutado ou lido), conheci uma pessoa ha aproximadamente 2 meses, no trânsito onde me passou o cartão e começamos a nos comunicar por sms, ele tem 35 anos é advogado (não esta com uma condição financeira muito boa), mas tem um filha de 5 anos.

    Já conheço muita coisa de sua vida, mas ele é uma pessoa indecisa e confusa (ou se faz), não é um cara bonito, mas é simpatico, agradavél e faz tudo para me ver sorrindo, só que infelizmente não se decide, e por mais que eu deseje ficar com ele e tenha me esforçado para isto, ele não esta retribuindo da mesma forma e ainda me pediu para não pressiona-lo.

    Não sei se devo continuar, pois as vezes acredito que ele não quer nada com nada, só curtir, mas quando estamos juntos entramos em perfeita sintonia. Realmente estou confusa e não sei como agir com ele, devido a pouca experiencia que tenho, se você puder me ajudar agradeço muito.

    Obrigada

  31. Claudia disse:

    Oi infelizmente nao posso falar muitos detalhes sobre meu caso aqui tao abertamente. Fato é, que estou me sentindo muito mal e até ouço de outras pessoas que nem me conhecem que eu tou mais velha que antes. Antes me davam 24 anos apeasr que tenho 34! :(

    A culpa disso foi de um homem que me roubou meu coração e agora nao me dá a mínima mas eu o quero muito…

    Nós nos vimos 3 vezes e a última vez que ficamos juntos a gente bebeu vinho e eu acabei dizendo que estava apaixonada por ele. Que tédio…

    Acho que agora ele tá se sentindo né? Pois eh… ele é iraquiano e tem mulheres a mil atrás dele. Ele só me ligava quando queria. Marcou um encontro nessa quarta-feira comigo para nós irmos jantar e me deixou esperando como uma tonta! Depois disse que não estava na mesma cidade que eu e que quando estivesse aqui ele me falaria e que ia fazer tudo para consertar isso com certeza!

    E até agora ele nem me mandou uma msg. Perdi kilos por causa dele e muitas noites mal dormidas também. Gastei um dinheirao na terça-feira para impressioná-lo. Tudo em vão… Gostaria muito de comprar seu livro mas moro no esterior. Por favor me ajuda com algumas palavras. O que fazer para conquista-lo e mostrar como eu o-amo? Abraços e desde já agradeço muito.

  32. Fatima disse:

    Eu tenho 40 anos e aparencia de 25 ou menos, digo isso porque as vezes chego a pensar que a minha aparencia tao juvenil faz fugir os homens.
    Actualmente o meu namorado esta a viver na minha casa, porque aonde morava não estava bem.

    Quando o conheci eu já andava farta da vida, já tinha pedido um ano sem vencimento no meu trabalho para mudar de pais, no entanto nao queria perder a casa entao decidi deixar la alguem a pagar a renda.Por fim a pessoa nao se mostrou muito interessada e como o meu namorado ja passava mais tempo comigo entao decidi deixar lhe no apartamento, mas ele pagando a renda.

    Apesar do facto dele estar comigo tornasse a minha vida menos monótona, segui os meus projetos e fui embora do pais e ele ficou em minha casa. Durante a minha estadia no estrangeiro ele ligou quase todos os dias, quis que eu voltasse porque se sentia incompleto sem mim. Depois de um mes e meio voltei para estar com ele durante duas semanas. Neste momento vivemos como um casal, mas o facto de estarmos juntos por acaso me incomoda. As vezes sinto que ele quer que eu fique aqui junto dele, mas tambem sei que nao quer ser responsavel da falha dos meus projectos que eram de mudar do pais.

    Devo voltar brevemente, ando angustiada pois nao sei quais sao as suas verdadeiras intensoes, e tenho medo que ele pense que eu e que estou querendo prende lo. O PIOR de tudo e que vivo angustiada cheia de medo de nao estar na altura das suas esperancas, que ele se canse de mim e se va embora e que eu volte a sofrer… Nao sei o que fazer e no entanto na sexta feira vamos jantar juntos para conversar.

    Por favor ajude me. O que devo dizer, que atitude adoptar, que fazer?
    Abraço

  33. Aline disse:

    Olá,

    Gostaria de saber como faço para entender Os “Sinais” Importantes que os Homens Mandam, pois de acordo com o erro n°5 não podemos entender mal esses quatro sinais (1. Sociais.2. Emocionais.3. Físicos.4. Estado amoroso).

    E você fala que nós temos de aprender a reconhecer esses sinais para conseguir ter um relacionamento sério com um homem, mas em momento algum você dá exemplos.

    Como posso perceber quando um desses sinais é emitido e como devo interpretá-los?

  34. Kênia disse:

    Nossa, fiquei impressionada com o seu site. Ele é muito rico em informações e tenho certeza que ajuda milhares de pessoas. Portanto quero fazer parte deste “milhares”, pois estou em uma situação delicada, e queria muito sua ajuda por favor tenho 17 anos mas estou gostando de um homem que tem 29, e ele disse que gosta de mim, mas disse também que o que interfere para nós ficarmos juntos é a nossa diferença de idade, ele é muito objetivo, determinado, lindo, super educado (o que mais me atraiu nele) e eu não sei como sobressair diante dessa situação, quero mostrar para ele que a idade não importa, e sim o que sentimos um pelo outro. Por favor me ajude! Tive tantos problemas no meu outro relacionamento que fiquei traumatizada, e agora que resolvi abrir meu coração novamente, ele está a ponto de ser fechado de novo.
    Certa de sua ajuda, desde já agradeço, tenha uma ótima noite.
    Beijos

  35. j.k disse:

    Olá. Infelizmente cometi muitos desses erros recentemente. Gosto de um garoto e ele PARECE gostar de mim. Parece.
    Falei com ele que gostava dele e ele ficou de me dar uma resposta. Não sei o que pensar. Ahh, mando mensagens pra ele e ligo só pra saber como ele está, mesmo assim continua igual. Como pode ver cometi muitos deses erros… O que faço agora? Desde já agradeço.

  36. Isabela disse:

    Olá, faz alguns dias que estou saindo com uma pessoa que me identifiquei bastante. Ele se mostra um cara bastante disposto a me conhecer melhor, se preocupa comigo, sempre estamos trocando mensagens sobre como foi nosso dia, essas coisas. Neste momento ele está passando por um problema seríssimo na família dele e por conta disso não estamos podendo nos ver esses dias, só que me sinto com as mãos atadas já que dá um medinho de sei lá surgir uma coisa nova pra ele, é uma sensação normal pra quem não está se vendo constantemente. Por isso eu te pergunto, o que eu devo fazer? Me mostrar mais presente na vida dele? Tenho medo de não fazer nada e aparecer alguém pra fazer antes de mim sabe? Fiquei sabendo que ele fica com uma garota que digamos não é muito séria não, mas num sei, homens geralmente se atraem por pessoas assim ne? Eu quero muito dar certo com ele, e tudo indica que ele também quer isso, mas eu sinto que preciso fazer alguma coisa. Eu não sei como lidar com essas coisas, acabo fazendo tudo errado, mas dessa vez eu não quero falhar.

    Beijos

  37. Isabel disse:

    Olá. Gostei bastante do site. Alguns conselhos são já conhecidos, outros não, mas tudo tem que ser frequentemente trabalhado, pois muitas vezes vai contra nossa natureza feminina. Já passei por vários relacionamentos que nao deram certos. Alguns foram verdadeiros desastres. No último deles tive bastante cautela e demorei a entrar, pois não acreditava mais que pudesse ser feliz com alguém e não queria mais sofrer outra perda tão cedo. No entanto, ele foi tencioso, gentil e dedicado como nunca tinham sido comigo e acabou me conquistando e me fazedno acreditar de novo. Porém, depois de quase três anos ele terminou alegando que nõ havia mais sentimentos. Isso já faz quase 11 meses e de lá pra cá mantivemos uma amizade, até ficamos algumas vezes, mas definitivamente ele não me quer mais como namorada e me sinto uma espécie de estepe pra ele. Estou sofrendo muito, pois sou atraente, inteligente, tenho excelente caráter e mesmo assim estou só. Acho que me entrego demais e é muito difícil pra mim dominar alguns sentimentos. Ele me considera importante e especial, mas me mantêm como uma amiga “especial”. Eu queria ter força para não aceitar isso e me impôr, mesmo que significasse perdê-lo totalmente. Queria me colocar em primeiro lugar e sentir raiva ou um certo desprezo ao invés de saudades. É duro demais, me causa muito sofrimento não ser valorizada como deveria. No fundo eu sei que é uma questão de atitude, mas embora eu já tenha lido livros e mais livros, feito terapia, conversado bastante com várias pessoas buscando aprender, ainda me sinto mais despreparada que muita adolescente que conheço. Tenho 33 anos, já fui casada, tenho uma filha e sinto que eu poderia ser mais preparada pra esses tipos de situação. No entanto, estou aqui sofrendo a meses, desperdiçando um tempo precioso e me com a autoestima lá embaixo. As pessoas me elogiam bastante, me colocam lá em cima, mas é como se eu não acreditasse. Por favor, me ajude!

  38. Cilla disse:

    Estou muito triste. Tive um relacionamento que durou 6 anos, morávamos juntos, no entanto ultimamente ele me tratava muito mal dizia que eu não prestava para nada. Depois que ele quebrou tudo na casa onde morávamos, fui embora agora ele mandou uma mensagem dizendo: “Arrependo-me do que falei nervoso sobre você e nossa vida íntima. Não mudaria nada, você sabe que era mentira. Do resto, não ligo. Meu arrependimento é ter demorado. Seja feliz.”
    Estou me sentindo um lixo… Um aperto no peito e os meus pensamentos me consomem. Preciso de ajuda, mas já estou me conformando com a minha tristeza. Ainda mais porque parei para viver esta vida, agora não sei o que fazer. Enfim cansei. Obrigada.

  39. Regina disse:

    Olá, sobre a dica relacionada “aos sinais importantes que os homens mandam” é exatamente a que mais me intriga, pois pra mim é bem difícil perceber esses sinais… E talvez por isso nunca tive nenhum relacionamento duradouro, pois costumo interpretar mal o sentimento do outro e aí acabo por entregar de “bandeja’ os meus e me decepcionar. Acabo percebendo que o homem não sentia verdadeiramente o que eu achava que ele demonstrava sentir… Que é gostar realmente de mim. Então gostaria de saber como faço, a melhor forma de perceber esses sinais que eles mandam e não me enganar em relação a eles para que eu possa ter mais segurança no relacionamento.

  40. Bety disse:

    Olá, namorei um rapaz mais de um ano, e agora ele diz que não quer mais compromisso. E agora, que atitude devo tomar? Obrigada pela atenção.

  41. Chelly disse:

    Olá, gostaria que você me ajudasse a esclarecer algumas dúvidas que permeiam a minha mente. Cerca de 2 meses passei a me interessar por um rapaz que frequenta a mesma academia que a minha. Passei a observá-lo discretamente, sem que ele ou outras pessoas notassem que eu estava interessada nele. Primeiramente procurei observar a frequência com que ele ia malhar, percebi então que praticamente ele malha 2 vezes por semana. Não sabia sequer o nome dele, o que ele fazia ou tão pouco se tinha ou não namorada. Diante disso pedi para uma amiga perguntar para ele se o mesmo era comprometido, mas pedi enfaticamente que ela não dissesse que eu estava interessada nele. Enfim, ela perguntou e ele respondeu que tinha namorada, mas se mostrou muito interessado em saber quem eu era, porque em amizade ele estava interessado, mas ela não disse quem eu era.
    Enfim, os dias se passaram e ele pediu o meu MSN para o personal dele, que também me conhece, fiquei super feliz, pois na minha cabeça passou a seguinte idéia: que interesse ele teria em me adicionar, se ele tem namorada? Surgiu as primeiras conversas e ele sempre educado, mas em nenhum momento disse que estava interessado por mim ou outra coisa do tipo. Ele sabe que estou interessada por ele, sei que sou muito bonita (tanto o rosto como meu corpo), mas não entendo o que ele está querendo. Saímos 1 vez, mas não ficamos, só amizade mesmo. O que eu faço? Espero conquistá-lo aos poucos ou desisto de vez? O que eu faço?

  42. Carol disse:

    Boa tarde. Adorei o artigo! Estou passando um momento critico de minha vida, o meu ex- namorado me liga dizendo que quer voltar, e descobriu que sou a mulher da vida dele. Porem estou namorando há dois meses. O que faço? Volto ou tento a relação que estou, que pode ser certa ou não. Me responda por favor. Obrigada…

  43. Rose disse:

    Eu gostaria muito que a pessoa com quem eu me relaciono fosse leal comigo. Pois eu não confio mais nele e e isso me faz sentir pena dessa pessoa. Será que tem jeito ainda?

  44. Jamilia disse:

    Olá e boa noite!
    Bom tenho 33 anos, sinto me realizada profissionalmente, sou independente, inteligente. Mas sempre erro nos relacionamentos.
    Isso porque sempre faço as escolhas erradas e meto os pés pelas mãos.
    Sou daquelas mulheres que se apega fácil e logo de inicio crio expectativas. Muitas das vezes me envolvo com homens comprometidos e sei que ele quer só sexo, mas acabo me apegando por carência e me envolvendo, sem nenhum retorno.
    Todos os erros colocado no seu post eu já cometi, o pior de todos é ficar enchendo a caixa de sms e email de um homem, se fico nervosa ou me sinto rejeitada, acaba mandando emails brigando e com ofenças.
    Sou uma moça bonita, alta, chamo atenção pelo corpo e cabelos. Mas a aração masculina acaba no primeiro ou segudo encontro.Geralmente boto tudo a perde.
    As vezes penso até em ir no psiquiatra, porque assusto muito os homens com meu comportamento.
    Vou contar meu último relacionamento. Conheci um homem de 35 anos comprometido, ele disse que era namorada, mais logo descobrir que era casado e já tinha uma amante.
    A primeira vez que saimos foi maravilhoso e parecia que ele estava bem envolvido. Fazia planos de outros encontros.
    Mas no dia ele não apareceu, e dois dias depois escrevi um email e ele respondeu seco que estava muito ocupado e não podia conversar comigo.
    Logo depois ele viajou pra São paulo, onde mora e não me disse nada, daí mandei um email querendo saber como estava e ele disse que depois na volta falaria comigo.
    Eu logo percebi que ele estava me ignorandoe fiquei nervosa, e falei horrores com ele e falei que eu que n queria mais nada.Tudo por email e mensagens, pq ele nem me ligar, ligava.Ainda os amigos dele me falou que ele era ignorante no trabalho e tinha duas mulheres.
    Como ele é hóspede do hotel que trabalho, quando ele retornou, fiz que nem conhecia ele,de inicio ignorava totalmente,mais daí ele me procurou e disse que queria me ver novamente, eu boba e carente aceitei.
    Ele passou uma noite cmg no meu apto, foi super carinhoso, fez planos de boca que iriamos continuar nos vendo. Mais no dia seguinte, foi a mesma coisa novamente…Não me ligou, nem mandou msn e nem email…E essas atitudes masculina me deixa nervosa e acabo falando, melhor escrevendo demais.
    Sempre que eu falava que não queria mais e o ignorava, ele corria atrás falando que queria me ver.
    Da ultima vez que brigamos, eu o ofendi com palavras e ele tbém me respondia com grandes ofenças, tipo que sou vagabunda, puta, que sentia nojo de mim, me chamou de vaca, recalcada, pegajosa.Pra quem me achava bonita, disse que eu não era e ainda me chamou de gorda…E olha que não sou.
    Sei que me meti em uma furada, que sou neurotica, carente. Li tudo sobre meu comportamento incontrolável.
    Quero saber o porque esse homem sempre corre atrás quando dou um basta na situação, se depois de tantas brigas e ofenças, ele vem todo meloso.
    E pelo que entendo, quando um homem n quer uma mulher, ele simplesmente some, não ligam, e não procuram mais.
    No caso dele é diferente, quando me afasto ele vem atrás.E ao contrário de outros, ele responde meus emails furioso, como se estive magoado comigo, ele tem as mesmas atitudes que tenho quando me sinto rejeitada.
    Me ajude desvendar esse homem… Porque pelo pouco que entendo, já sei que preciso de tratamento para evitar carência.
    Beijos
    Aguardo retorno.

  45. Luiza disse:

    Adorei seu artigo, quero aprender muito, sou separada a cinco anos, não consigo me relacionar, levar algo sério com alguem. Só encontro homens interessados em sexo e nada mais, gostaria da sua ajuda, como conquistar um homens, gostaria muito de ter alguem. Obrigada, Lu.

  46. Cris disse:

    Olá! Adoro visitar sites deste genéro, pois estou sempre a aprender coisas novas. Descobri aqui alguns erros que fazia, e que agora vou deixar de fazer.
    Mas também me apercebi que sei ser sedutora.

    Tenho duas grandes amigas, cujos namorados adoram-me, falam bastante para mim e quando estamos todos juntos, dão-me mais atenção a mim que às namoradas. Isto porque elas são mais controladoras e ciumentas, e eu sou mais descontraída e engraçada.

    Recentemente fiz franja, e como me ficou bem, os namorados delas gostaram de me ver com a franja. As minhas amigas disseram-me que também iam fazer franja. Logo, começei a reparar que elas acabam por se sentir mais inseguras quando eu estou a falar com os namorados delas e para tal, começam a ter atitudes parecidas com as minhas.

  47. Gisele disse:

    Olá! Tenho 37 anos e estou cansada de me envolver em relacionamentos errados. O que faço? Abraços!

  48. Karla disse:

    Adorei as dicas!

  49. Luna disse:

    Ele é o meu primeiro amor. Estamos juntos há 7 meses, porém não é namoro. Ele diz ainda não estar preparado para isso, que não quer oficializar agora. Que depois da minha primeira e única crise de ciúmes eles perdeu o interesse em compromisso. Porém diz se importar comigo, me querer em sua vida e que eu sou muito importante. Eu estou realmente confusa com toda esta situação, não sei o que fazer… Eu gosto muito dele mas não quero ficar sofrendo por alguem que no final só quer me usar… Não sei, o que eu devo fazer?

  50. Ana Lucia disse:

    Reencontrei um namorado, que foi o amor de minha vida. No momento ainda estava casada, e apenas almoçamos juntos. Quando o vi parece (no almoço) pela primeira vez todo aquele sentimento aflorou.

    Nos separamos a pelo menos 25 anos atrás e ele continua o mesmo, também vindo de uma separação e sozinho há 8 anos. Diz que acha que não vai ter mais ninguém na vida dele e que talvez tenha sido a única namorada que deu certo na vida dele.

    Ele mudou de cidade. Ficamos um bom tempo sem nos falar, até que no fim do ano, sem saber, fui para a cidade dele. Quando mandei email de Feliz Natal é que ele descobriu que estava na cidade dele. Marcamos e nos encontramos. Ficamos juntos, mas ele é duro… Não diz palavras como “está bonita” nada que faça se comprometer algum sentimento. Conversamos depois por email e ele me disse que se quiser voltar a cidade dele já tenho onde ficar… É só avisá-lo. Eu por mim já estava lá… Mas tenho receio, pois não conversamos mais, receio que ele pense que estou na cola… O que fazer?

  51. Manoela disse:

    Como me livrar de um homem que brinca com meus sentimentos, pois não sei o que fazer numa situação dessas, pois estou loucamente apaixonada!

  52. Liliana disse:

    Eu terminei um relacionamento de 10 anos e imediatamente já fui abordada por um outro homem que me interessou. A partir da abordagem começamos a sair e eu gostei bastante. Percebi que realmente ele tinha boas intenções comigo mas nada muito concreto, e devido ao longo tempo que namorei não queria me envolver muito e nem parecer pegajosa, uma vez que eu não sei conduzir uma situação dessas tendo em vista o “tempo fora do mercado”.
    Aí então, para não parecer no “pé dele”, numa determinada ocasião, sai com uma turma de amigos e rolou um boato que eu teria ficado com um deles, e essa fofoca chegou aos ouvidos desse ficante.
    Percebi seu afastamento e “entendi o recado”, tentei conversar e tentei me explicar demais, mas tudo sem sucesso. Até que nos reencontramos e ficamos.
    Um dia depois que ficamos conversamos numa boa. Até que no próprio dia descobri que ele tinha saído com outra e fui manifestar meu inconformismo, ironicamente, devido ao assunto. Ele negou e nem me deu bola.
    Gostaria de saber como posso conduzir essa situação, tendo em vista que sou uma mulher bonita e cobiçada, mas acho que já “me justifiquei” demais, e estou sentindo um ar “estou dominando a situação” por parte dele.

  53. Gleice disse:

    Muito bom, me vi em todos eles. Mesmo assim não sei como agir, me ajuda estou prestes a perder meu namorado.

  54. Diomar Cesario dos Santos disse:

    Eu sou uma pessoa humilde e já conquistei muitas coisas na minha vida. Sou formada duas vezes mas não sei o que acontece comigo, sempre me apaixono pela pessoa errada. Agora me apaxonei por um homem casado, ele até parece que gosta de mim mas não tem atitude. Morre de medo. O pior é que ele trabalha comigo. Faz uns dois anos que nós mantiamos um relacionamento escondido quando podia nós nos via-mos sempre, mas fora do trabalho nunca teve coragem. De repente ele ficou estranho e não fala mais comigo referente a nós, eu me sinto que para ele parece que nunca existiu nada entre a gente. Me dê um conselho, o que faço para esquece-lo porque nao quero sofrer mais. Não disse para mim terminou, mas também não continua. Parece que foge de mim e não me dá oportunidade de conversar referente a nós.

  55. Maria Helena disse:

    Olá! Estou apaixonada por um cara do interior. Me atraio muito por homens do interior, são todos meigos! Emfim me relacionei com um não muito tempo, me apaixonei e conquistei ele melhor. Porém ele tem uma namorada de alguns anos, mas esta namorada é como se fosse irmã pois ele namora a filha da madrasta dele e a irmã dele namora o filho da madrasta (a mulher aonde o pai mora junto) e a familia inteira mora junto. Inclusive a madrasta praticamente pressiona ele em ficar com sua filha, até colocou eles no mesmo quarto para dormir. Ele se sentiu casado e saiu da casa e foi morar com o tio. Eles já se separaram mas como a filha sofre e chora se descabela, ele por fim não quer deixar ela sofrer e não quer que a madrasta brigue com o pai e melhor não quer perder as mordomias. Comida fresca e roupa lavada porque a familia dele são eles, pois a mãe dele não mora com ele. Este é um resumo da minha história, ele até terminou com ela para ficar comigo, mas ela deu um show e voltou com ela porque eu moro em São Paulo e ele no interior de São Paulo :( Que triste mas é isto.

  56. Séf disse:

    Conheci uma pessoa há duas semanas e semana passada saímos e namoramos, então fico anciosa por um novo encontro. Enfim, pra piorar ele trabalha na mesma empresa que eu e isso tem sido terrível, até assumo que é carência mas gosto dele, ele é do tipo separado com cara de que não almeja compromisso com ninguém no momento. Mas quero tentar com ele, rolou uma quimica legal, só que me pego às vezes me comportando como uma adolescente e isso tem me afligido. Consegue me ajudar?

  57. Marcela disse:

    Namorei por 2 anos e meio, á distancia, faziamos o impossivel para nos vermos, sempre de olho em promoções de passagens, e os encontros eram sempre muito bons, muito carinho, cuidado, bom sexo, passavamos horas no telefone no inicio. Há 6 meses por motivos de estress fui descuidando do relacionamento, me envolvendo pouco, e criando dúvidas sobre a possibilidade de estar sendo traída, pois ele precisou mudar de cidade por causa do trabalho dele e foi morar com 3 outros rapazes. Ele não era de beber, e saia pouco… mas começou a fazer tudo isso e me contava… mas continuava muito carinhoso, sempre me ligando, me dando atenção. Mas comecei a ficar enciumada e achando que algo errado estava acontecendo.

    Porém não comentei o que estava me chateando em nenhum momento, até que nos reencontramos , marcamos de estar na praia juntos, e acabei sendo grosseira com ele assim que ele chegou no lugar onde combinamos de nos encontrar , deixei ele esperando por horas minha carona, ele disse que teve a pior sensação do mundo (e sem duvida deve ter sido), que queria ter voltado dali mesmo. Mas continuamos nosso passeio de fi de semana e percebia ele muito grudado no celular, mas também não questionei… numa atitude infantil, acabei acumulando todas essas dúvidas e passei a crer que realmente ele devia estar escondendo algo e eu estaria sendo traida. Com isso durante a noite acabei subitamente explodindo e disse que queria terminar o relacionamento. Ele chorou um pouco, perguntou se era mesmo o que eu queria e eu confirmei (na esperança que ele fosse implorar pra não terminar). Choramos bastante mas não voltei atrás, ate eu perceber que ele não ia contornar a situação, dai voltei atrás e ele não aceitou. Ficamos 1 mês afastados, chorei muito pois ele ficou muito chateado, passou a ser seco e frio.

    Depois desse episódio, nos mantivemos em contato por telefone, ele mandou um email dizendo que estava disposto a recomeçar, mas depois daí tudo ficou diferente. Passamos 2 meses meio turbulentos, eu questionando uma possivel traição devido alguns indicios e ele negando, e ele sempre relembrando que o ocorrido magoou muito ele. Houve uma vez que ele me ligou dizendo que realmente queria tentar novamente. Fui ao encontro dele, mas ele já não estava mais tão carinhoso, parecia indiferente, e eu também um pouco fria pois achava que ele já não estava mais tão envolvido.

    Acabamos com uma nova briga, em que pela 1 vez ouvi ele dizer, ja não gosto mais de vc, segue sua vida, vc vai ter muitos namorados. Chorei demais, pois acreditei que realmente talvez ja não houvesse mais sentimento da parte dele e nos afastamos, há 3 semanas ele não ligou… Sinto uma dor imensa, carência, sentimento de culpa e tenho ligado para conversar, se tenho caido no erro de querer respostas para o motivo do termino, visto que nunca haviamos brigado e tinhamos uma relacionamento muito calmo e doce, ele era muito atencioso , cuidadoso e carinhoso comigo! Hoje sei que no minimo um flerte houve com outra menina, mas o fato dele ter me ligado dizendo que queria estar comigo me fez acreditar que ele ainda gostava, porém da ultima vez ele disse que não queria mais.
    fiquei confusa com toda a situação…

    Ele tava confuso, tava com medo de terminar ou ainda gosta?

  58. Valquíria disse:

    Oi, ótimo teu site.

    Estou com uma questão muito parecida com a menina do primeiro comentário, tenho 25 anos e estou muito apaixonada, na verdade sinto que Adoro ele (e ja cometi o erro de falar isso a ele) nos conhecemos a pouco mais de 1 mês. Ele diz que não sabe quando é que estará ou se estará pronto pra um relacionamento sério, ele acabou de completar 32 anos (14.6). Ambos fomos casados, eu por 6 anos e separada a 4 meses e por 7 anos separado ha 1 ano e meio, mas teve um relacionamento de 2 meses que não se transformou em namoro, diz ele pq ela não gostava da maneira que ela a tratava, com mto carinho. E realmente ele é muito carinho quando estamos juntos, mas qdo não estamos, envio mensagem ele não respondem nos vemos 1x por semana, ele diz não ter ninguém além de mim que adoro ficar ao meu lado, só consegue entrar num relacionamento, ja propus sermos apenas amigos, mas ele disse que tbm não queria ser apenas amigo.

    Estou me tornando uma chata, pois ja estou cobrando por várias vezes o pq ele não responde msg, qto ao namoro não falo mais. Mas sei lá, não consigo acreditar que um homem nessa idade não queira entrar num relacionamento sério. fomos apresentados por um amigo em comum que me contou que ele foi traído pela esposa, por isso se separaram e segunda que terminaram em janeiro, o tratou mto mal mesmo (contou meu amigo)..será que é válido continuar tentando? Sou muito romântica (eu sou de Leão e ele Gemeos) e adoro fazer surpresas, cafuné, coisa que ele adora… eu acredito que ele ainda goste da ultima menina com quem ficou por isso não sente nada por mim, mas ao mesmo tempo parece que sente algo só não quer dizer, esse meu amigo diz que ele realmente pode estar com medo e agora tentando ser mais dificil pois com as outras ele foi mto facil e sofreu.

    Me ajuda, estou perdida e sofrendo mto, ainda hoje (pelo msn) disse pra ele ir atrás dessa menina que acho que ele ainda está apaixonado (ela tem 30 anos) e disse que o melhor seria sermos amigos e que iria tentar esquecê-lo, e fiz isso pq pedi pra ele vir aqui e ele não quis, disse que não estava mto bem e queria ficar sozinho..Não sei oque fazer, me ajuda.
    Obrigada.

  59. Jocelaine disse:

    Adorei a ler isso! Aprendi como lidar com um homem e tantas coisas que não sabia… agradeço a vocês!

  60. Ana disse:

    Faz dez meses que a gente fica e ele afirma que está muito focado no trabalho não pensa em assumir relacionamento agora.

    Sei que isso é desculpa.

  61. Cristiane disse:

    Gostaria de receber as newletters. Gostei muito deste site.

  62. Maria disse:

    Quero saber como faço para perguntar a um cara que estou saindo à duas semanas se é um relacionamento sério, ou não que ele está querendo comigo? Me ajude! E como faço para não demonstrar insegurança?

    • Marcos Simas disse:

      Cara Maria,

      Não fale de relacionamento sério duas semanas depois de começar a sair com ele. É muito cedo para fazer pressão assim. Fale só em relacionamento se ele puxar o assunto.

  63. Carol disse:

    Olá. Eu namoro já faz 2 anos,e acho que meu relacionamento está em crise.
    A gente namoro durante 1 ano e 4 meses ai ele resolver terminar dizia que se sentia preso, e que eu brigava por muito ciúmes. Ficamos 1 mês separados corri atrás dele durante 2 semanas ai desisti. Foi quando ele me viu em uma festa e ficamos novamente e no dia seguinte falou que queria voltar, eu já estava bem, mas como ainda amava ele e vi que estava arrependido aceitei. Mas agora já estamos a 8 meses juntos novamente, no inicio ele valorizava muito mas agora que a crise começou quando brigamos ele não se importa comigo e quer sempre ter razão sou eu que sempre vou atrás dele também pelo que parece não liga voltaremos a terminar . Eu mudei muito, tudo para nosso namoro ser melhor, mas parece que mesmo assim ele não me da valor. O que devo fazer? Também sou muito insegura apesar dele nunca me dar motivos para desconfiar dele.

  64. Anel disse:

    Estou me relacionando com um homem maduro eu estou solteira mas ele não, nos encontramos pouco pois mora em outra cidade estou insegura se mantenho esse relacionamento pois não tive experiência desse tipo contudo estou na esperança de conquistá-lo gostaria de saber se é perda de tempo insistir e o que será necessário pra descobrir se vale a pena continuar.

  65. Luana disse:

    Estou gostando muito do meu dentista ele é 8 anos mais velho do que eu. Tenho 27 anos e no inicio achei que ele só era muito simpático comigo, mas notei que o carinho dele por mim era diferente, ele tem uma reputação seria e nunca vi ele olhar se quer pra outra mulher a não ser a namorada dele! pois é, ele tinha que ter um defeito só que só descobri depois que adicionei ele numa pagina de relacionamentos onde fomos nos conhecendo melhor, porque meu tratamento no consultório já havia acabado, mas com o tempo ele disse que queria ficar comigo desde que fosse escondido e como eu sentia um desejo enorme por ele, aceitei, na tentativa de conquista-lo. Mas com o tempo fui gostando muito dele, por ser sincero comigo e sempre parecendo se importar com meu bem estar, com medo que eu mudasse meu comportamento com ele ou ate mesmo que me apaixonasse por ele e ele não poder corresponder como eu merecia, mas sempre fiz de tudo para não demostrar isso a ele, ele ate chegou a me dizer que queria dar um tempo depois de um mês, porque não estava achando certo o que estava fazendo com as duas, mas depois voltou a me procurar em menos de uma semana, sinto que temos uma ligação e acredito que alguma ele sente por mim, pois é muito querido, pergunta sobre minha vida, meus estudos e fala o que fez nos fim de semana com a família e etc… só que ele esta sempre ocupado trabalhando e quase não nos vemos, só que quero muito conquista-lo, ele me faz muito bem. O que devo fazer? Será que ele tem sentimentos por mim? Me ajuda!!!

  66. Conceição disse:

    Eu estou morando fora do Brasil e resolvi me cadastrar em um site de relacionamentos onde tem homens de todo o mundo. Nisso eu estou trocando mensagens com um cara da Hungria pela internet 3 meses e meio e ele morara em uma cidade á 1 hora de onde eu moro. No decorrer desse tempo ele disse que tinha encontrado uma garota e que nao daria mais para encontrar comigo, com o passar do tempo ele volta a me procurar falando que a garota com quem ele saio esta ainda apaixonada pelo ex-namorado e com isso ele poderia voltar de onde paramos. Sendo assim eu dei uma nova chance a ela de nos encontrar-mos pela 1 vez.

    Aconteceu o primeiro encontro no apartamento dele, jantamos, assistimos um filme no quarto dele a luz de velas e aconteceu o primeiro beijo, ele nao avançou o sinal em hora nenhuma claro que tivemos desejo um pelo outro mais não ouve o sexo, trocamos caricias (beijos, abraços, passamos a mão pelo corpo) mais nada de mais tudo muito respeitoso, dormimos abraçados e no outro dia tomamos o cafe da manha e voltamos para o quarto novamente nos beijamos e trocamos caricias novamente e no final da tarde eu voltei para minha casa.

    Trocamos mensagens e ele disse que sentiu desejo por mim mais que nao iria me forçar a nada e eu respondi que as coisas iriam acontecer no seu tempo certo. Depois disso tudo eu enviei uma mensagem falando que eu pensava muito nele e que foi muito bom a nosso primeiro encontro. Assim ele respondeu em seguida que gostou da mensagem e de esta comigo mais que havia diferenças entre nos. Depois eu respondi: hoje eu estou com 28 anos, vivi um relacionamento de 9 anos passei por momentos muito bons e momentos ruins tambem e nao fui casada, trabalhei durante muitos anos no Banco resolvendo problemas de pessoas diferentes e hoje estou aqui longe de minha familia e amigos para aprender ingles, porque no futuro pretendo voltar a minha área de trabalho.

    Eu cheguei a conclusão de que na vida damos jeito para tudo, a única coisa que não damos jeito é a morte. Problemas, dificuldades todos nos vamos passar na vida basta ter paciencia e fé que tudo dara certo. Então o que eu quero te falar é que não há nada de complicado na vida e sim as pessoas que complicam as coisas. Eu vou deixar voce fazer a sua escolha e ver o que é melhor para voce. tenha um otimo final de semana. Ele leu a mensagem e pronto. Eu sei que eu agi errado, eu tenho como reverter a situação? Obrigado

  67. Genilson Percinotto disse:

    Há alguns erros bastante relevantes na abordagem do caráter e da história de vida dos homens atrativos.

    Os homens verdadeiramente atraentes, interessantes, especiais, não têm muita experiência com mulheres e não são abordados o tempo todo, visto que a grande quantidade e a baixa qualidade dos relacionamentos revelam um homem inseguro, defeituoso e incompetente.

    Seja sincera, seja autêntica, mas sobretudo abandone a cegueira deliberada. Há homens maravilhosos e extremamente focados, discretos, que não vivem a perder tempo com bobagens e por isso mesmo não são “disputados”.

    O homem ideal, que sabe amar e valorizar, não está disponível como uma mercadoria. Geralmente é aquele que está desenvolvendo coisas importantes, estudando, perseguindo grandes causas e que não perde tempo com várias mulheres, espera e quer somente uma em especial: você.

  68. Celina disse:

    Gostei muito do livro. Tem bons ensinamentos. Tenho 52 anos e sou viuva há 25 anos nunca tive um relacionamento douradora, não sei no certo se sou eu que sou problema ou sao os homens. Acabo de conhecer um cara muito simpático gostaria de ser ajudada o que devo fazer para eu ser feliz com ele porque sinto que o amo.

  69. Girleide disse:

    Nossaaaaaaaaaaaa! Cometi todos os erros em todos os relacionamentos. O engraçado é que algumas coisas eu já tinha ouvido falar, mas não levei a sério. Porém, senti que você fala com propriedade.

  70. Silma disse:

    Muito bom as dicas.
    Erros que cometemos sem perceber.

  71. Anatália disse:

    Tenho pouco mais de um ano de namoro, morava em outra cidade e era muito bom fora a insegurança. Hoje moro na mesma cidade e brigamos todas as semanas, muito raro ser diferente. Um detalhe é nossa diferença de idade, eu com 26 e ele com 20, que até levam seus pais a não aprovarem muito o relacionamento, com isso tento evitar de ir muito até a casa dele e ele detesta isso, que acaba sendo mais um motivo de nossas brigas. Quero mudar a situação e não sei bem o que eu faço.

  72. Karen Amorim disse:

    Bom, eu estou saindo com um homem só que ele não se preocupa tanto, nem me liga. Li seus artigos anteriores, e tentei ficar sem ligar para ele para ver se ele notava minha ausência e estava dando certo. Ele me ligou nos outros dias, eu continuei fazendo isso mas ele não me ligou :/ Meus amigos falam para eu sair dessa por que ele não quer nada sério, só quer sexo e nada mais. Só que algo em mim não me deixa largar. O que faço?

  73. Alana disse:

    Olá Sr. Marcos Simas,

    É com muita gratidão e respeito que lhe escrevo estas palavras.
    Tenho algumas dúvidas, mas na verdade o meu problema não é exatamente, objetivamente o comportamento masculino, mas sim o meu comportamento diante dos meus próprios objetivos com um homem.
    Eu sou uma mulher como qualquer outra, tenho sonhos e planos no futuro com um homem ao qual eu possa compartilhar uma vida inteira, que mereça e que também eu o mereça, sabendo sempre respeitar a vida de ambos.
    O meu mal é que eu as vezes sou vulnerável aos “contos de fadas” , filmes românticos, mas ao mesmo tempo eu sinto como se eu não fosse “frágil”, muitos menos necessitasse de tanto romantismo como nos contos de fadas e nos filmes românticos.
    Eu quero muito encontrar um rapaz legal e criar laços, mas ao mesmo tempo eu quero curtir e experimentar outros. Ai fico com medo de encontrar o cara que eu quero para o futuro agora e não saber lidar com a situação.
    Estou ficando com um rapaz atualmente, já pensei até em compromisso, mas não o forcei a nada e pedi que ele me deixasse claro o que ele queria comigo. Beleza, ele deixou. Ele me disse que nós dois para compromisso seria cedo, então eu fiquei mais tranquila, estou ciente da situação. Porém, ao mesmo tempo que eu vou querendo compromisso, eu não quero me envolver com ele por que eu sei que não é ele quem eu quero – pelo menos não pra “abrir o jogo” com a sociedade e com a família. Prefiro continuar com ele por “baixo dos panos”. Me sinto mais atraída por ele assim do que me imaginando num compromisso com ele.
    Eu realmente as vezes não me entendo.

  74. Aline disse:

    Gostaria de adquirir o livro, porém tenho alguns motivos para não comprar atráves de cartão pela net. Existe outra forma de comprar o seu livro?

  75. Leila disse:

    Ola, adorei as suas dicas.
    Cometi alguns erros mas a partir de agora vou puder me corrigir.

  76. Ana Carolina disse:

    Bom. Li e gostei. Hoje estou no meu segundo casamento. E assim, tenho uma habilidade em conquistar, mas depois não sei o que fazer. Só não consegui me casar com quem eu realmente eu queria. Pois ele estava me enganando. Tinha outra pessoa. Fiquei louca por ele. Hoje consegui mudar para um outro estado a fim de ficar mais próximo dele. Ele sabe que eu estou aqui. Sabe também que eu estou casada com um colega do trabalho dele, mas eu não apareço, não procuro ele mais. Sendo que fico sabendo dos comentários dele com amigas em comum que me contam tudo. Eu perdi as esperanças porque ele se casou, mas ainda choro por ele. Lembro de cada toque, de cada momento. Por favor, me ajude. Pois eu quero ser feliz no meu casamento e outra quero poder dar o meu melhor a essa pessoa que estou porque ele sim merece e eu sei disso.

  77. Deborah disse:

    Eu quero que ele goste de mim, porque tudo começou com um “ficar” só que agora eu me apeguei. Ele quer ter um relacionamento sério só que depois de uns dias ele ficou estranho do nada! O que eu faço?

  78. Flavia disse:

    Oi Marcos Simas,

    Realmente você conhece a alma feminina, eu também cometi alguns erros no meu relacionamento. Sou casada a uns 7 anos + ou – e um dos meus maiores erros foi achar que ele mudaria com o passar dos anos, fiz tudo, briguei, cobrei algumas coisas, como por exemplo não cumprir o que me prometeu, priorizar a família, não concorda com algumas atitudes dele, como sair do trabalho toda sexta-feira para beber, e não me comunica e nem me chamar. Me deixa em casa com o nosso filho, e sempre fico esperando que ele se lembre que gosto de sair também a noite, mais isso não acontece, pois sempre coloca dificuldade no nosso filho, e não tem hora para chegar, quando vou falar que não concordo com essa atitude, diz que é para eu deixar ele viver a vida dele, ele quer ter uma uma liberdade que não está de acordo com a nossa situação. Eu abri mão de ficar perto da minha família, meu pai, amigos e até emprego e segui ele quando ele mudou de emprego sem ao menos me comunicar da sua decisão, foi para outra cidade e ficou 5 meses lá sozinho. Depois disse que queria nós dois perto dele, conversamos sobre mudanças de comportamento, e concordamos que iríamos ser uma família mais estruturada e me prometeu priorizar a nossa família. Pensei no nosso filho que hoje tem 4 anos e é apaixonado por ele, e achei naquele momento que era o melhor a fazer, por todos nós. Mais, não foi bem assim, no começo, ele estava mais envolvido, mais foi passando o tempo e ele começou a agir como antes.

    Tivemos uma conversa no último final de semana, sobre ele continuar chegando tarde nas sextas-feiras e quando tem algum evento na empresa, ele chega de madrugada e muitas vezes bebe além da conta. Ele disse com todas as letras, para eu deixá-lo viver, que ele é assim e não vai mudar, que ele não pode me dar o que eu preciso e que se eu não estou feliz para eu seguir a minha vida e procurar alguém que possa me dar o que ele não pode. Por esse motivo não consigo confiar mais nele, me afastei totalmente dele, não consigo nem ficar na mesma cama, acho até que nessas oportunidades que ele tem de chegar tarde, ele sai com outra pessoa. Estou totalmente insegura nessa relação, pois não tenho uma estrutura financeira e dependo dele, pois aqui não tenho ninguém de confiança para cuidar do nosso filho, enquanto eu faço um curso ou voltar a trabalhar, estou me sentindo ilhada.

    Perguntei a ele se realmente não pode me dar o mínimo de companheirismo, cumplicidade, carinho e priorizar a nossa família, então eu disse que o melhor seria eu voltar para perto da minha família, então ele disse você é quem sabe. Então eu entendo que ele quer que eu tome a iniciativa de ir embora, e depois dizer que não foi ele que mandou eu ir? ! Ou concorde com o modo de vida que ele quer levar. O que você acha da minha história? E o que seria mais saudável fazer?

    Espero que possa me dizer com toda sinceridade e franqueza qual o melhor caminho a seguir e como fazer um caminho bonito a partir dai.

  79. Julia disse:

    Olá Marcos Simas. Gostei muito do que você postou, e gostaria de pedir um conselho…
    A situação é a seguinte. Neste final de semana conheci um rapaz muito simpático, ele pediu meu número e eu dei. Dai ele me ligou, só que eu não tinha visto a ligação, então ele mandou um sms dizendo que gostou muito de me conhecer e que gostaria de me conhecer melhor. Quando vi a mensagem não respondi de imediato… Só algumas horas depois, falando o porque não tinha retornado e tal. Ele continuou mandando mensagens de bom dia e boa noite durante os dois primeiros dias, e eu respondi todas elas. Aí no terceiro dia ele não enviou nada. Mandei uma de boa noite e disse que quando ele quisesse ligar ficasse a vontade… Depois dessa mensagem ele não respondeu e não mandou mais nenhuma outra.. Será que ele ficou chateado, ou há algum outro motivo? Eu devo ligar para ele, porque acho que ela não está mais afim de falar comigo.

  80. Thais disse:

    Eu adorei sobre tudo vou seguir certinho viu. pode me mandar emails se quiser. Beijos

  81. Angelica disse:

    Oi, sou Angel e ando sofrendo com uma paixão. À um ano venho tentando conquistar uma pessoa que quase não me dá bola, nós conversamos todos os dias, sinto que tem alguma coisa acontecendo de diferente! Mas, não consigo definir se ele está afim de mim ou não… Ele sempre me deixa confusa, isso me tortura, fico sempre sem saber pra onde correr… Leio muito sobre isso, porque estou tentando conquistá-lo, por favor preciso de uma ajuda de alguém que entenda. Me ajude, não está sendo fácil… Obrigada

  82. Isa disse:

    Olá. Adorei demais esse blog… enfim toda essas dicas de relacionamento. Engraçado que é tudo tão nítido depois que lemos, pois são verdades que preferimos não enxergar. Não sou uma exceção em meio a todas essas histórias e sou um desastre em matéria de amor, costumo dizer que meu equilíbrio pessoal e profissional se acaba quando chega a emocional. Não consigo ligar com a paixão de maneira segura… sempre me vejo atormentada pela insegurança e aflição. Por esse motivo meus relacionamentos nunca foram duradouros… e sempre procuro pessoas que moram em outros estados para justificar as ausências do outro… a falta de ligações… notícias.
    Nesse exato momento estou conhecendo alguém, mas já cheia de fantasmas por temer o fim, já que estou considerado uma vitória estar me permitindo se envolver, pois sempre coloco obstáculos e defeitos… Nunca ninguém está perfeito o suficiente. Fico buscando na memória onde começou esse trauma e toda essa insegurança. Vou comprar esse livro assim que sair do trabalho hoje, pois achei uma leitura muito interessante para começar a abrir um novo espaço de oportunidades pra minha vida.
    Parabéns ao Marcos Simas!

  83. Cristina disse:

    Adorei as dicas. Faz 23 anos que estou casada, mas meu marido perdeu o interesse sexual por mim. Isso é muito horrível, já quis me separar por isso. Eu me sinto a pior das criaturas, ele não me procura quando eu o procuro ele me rejeita e eu não queria me separar dele só que nem eu sinto mais tesão por ele. Me ajuda por favor, terminou o interesse entre nós dois. Só tem sentimentos afeto.

  84. Helenna disse:

    Por favor me ajude, gostei muito de suas dicas. Já vou porem prática. Quero reconquistar meu namorado.

  85. Maria disse:

    Olá, eu tava namorando um cara, eu tenho 16 anos, ele tem 31, a gente tava muito bem, conversávamos muito, sempre muito comunicativos, ele aparentava sem muito apaixonado, só que havia coisas nele que eu achava desagradável, dai que eu falei pra ele, de todos os meus desagrados, a gente brigou, ele é muito sentido, as vezes quando ele vinha se declarar pra mim e eu dizia: e é? hum! ai ele já ficava magoado. Sim, e a coisa que me desagradava era que ele usava os sentimentos pra conseguir algo de mim, ele era muito ciumento porém tinha muitas “amizades” com outras garotas e não gostava que eu tivesse as minhas, pedi pra conversarmos e entrar em um acordo, dele mudar e tal, só que discutimos muito e terminamos, dai que eu preferi não me abater com esse término, deixei rolar, ai ele pediu pra termos uma conversa definitiva, nesse dia a gente ficou (não até o ponto não) e continuando nos vendo, a gente se encontrou uma vez e quase que íamos ao tal ponto, e atualmente ele anda BEM malicioso, tem conversado certos assuntos comigo, e eu não noto muito sentimento da parte dele por mim não, o que eu faço pra ter alguma certeza disso? me tire essa dúvida… estarei esperando a resposta sobre o que acha do meu relacionamento!

  86. Camila disse:

    Gostei muito das suas dicas.

  87. Roberta Silva dos Santos disse:

    Olá , Estou com um “rolo” à um ano e três meses. Ele tem 36 e eu 19 isso começa dificultar pois meu pais não aceitam isso pela nossa idade. Eu adoro demais ele, peguei um carinho enorme ao longo desse tempo. Porém ele está meio distante diz que gosta de mim mas não quer nada sério. Ele sai bastante mais sempre ficamos juntos, quase todos os finais de semana. Eu contei tudo para ele que gosto muito dele. Já tentei terminar várias e várias vezes mas tudo em vão… Pois eu nunca gostei de alguém assim. Sou super ciumenta com ele, antes ele não tinha ciumes mais agora ele tem. Eu preciso de uma opinião sobre minhas atitudes e saber como devo continuar com esse rolo. Não quero mais dessa forma pois me magoa demais, me ajuda por favor. Aguardo retorno.

  88. Renata disse:

    Eu definitivamente desisti da minha vida amorosa, depois de uma traição, um grande amor e um que eu namorei para esquecer “o grande amor”. Eu desisti… Fiquei um bom tempo sem sexo, porque sempre me preservei até algum relacionamento se tornar alguma coisa séria… E como a maioria dos homens só querem sexo, claro que eu quando viam que não era tão fácil assim, sumiam! Faz poucos meses e eu consegui me livrar desse meu “Ex Karma” e tirar do meu coração e decidi curtir a vida, de verdade. Agora, a minha vida amorosa é um fracasso, mas a minha vida sexual está perfeita. E eu não me arrependi, conheci um homem com quem me dou muito bem na cama, e é só o que eu quero agora. E posso falar? É a melhor coisa que fiz da minha vida, não estou tentando conquistá-lo com sexo, eu simplesmente estou aproveitando e muito. Claro, com a plena consciência de que é só sexo, sem amor, sem compromisso, sem cobranças mas com muito prazer e satisfação. Se vai rolar algo mais sério, eu não sei. Mas a melhor coisa que eu fiz da minha vida nos últimos tempos, foi desistir dessa história de amor romântico inventada por Shakespeare e pensar mais como os homens! Por isso eu digo meninas, vamos pensar mais como os homens, congelar o coração e esquentar a nossa cama!

  89. Juci disse:

    Preciso da sua ajuda.

  90. Anônima disse:

    Olá! Primeiramente gostaria de parabenizar pelas dicas. Adorei as dicas, foram muito úteis. Não posso falar o meu verdadeiro nome, pois temo que algum conhecido veja. O meu caso é que eu tenho 31 e o meu rolo tem 20. No começo ele sempre me mandava mensagem, me ligava. Até queria um relacionamento sério, mas depois não sei o que aconteceu, ele começou a distanciar. Perguntei para ele o que tinha acontecido, ele me falava que não queria se apegar e não estava preparado para um compromisso sério. Continuamos ficando, só que o problema foi que eu me apaixonei por ele, somos muito parecidos, nos damos bem em tudo até no sexo. Do nada ele se distanciou, não me procurou mais, eu também não procurei mais ele. Trabalhávamos na mesma empresa, quando fez 2 semanas que tinha saído da empresa ele me mandou mensagem e jogou indireta que estava carente e tal, mas eu ainda estava magoada. Passou 5 dias procurei ele, e voltamos a ficar, mas o problema é que ele tá meio distante, eu não quero compromisso sério agora, eu só queria que ele me mandasse mensagem de vez em quando… Mas ele fala que gosta de ficar comigo e que sente a minha falta, porém compromisso sério agora não. O que eu faço? Falo para ele sobre isso ou deixo do jeito que está? Não sei o que fazer, porque eu sou louca por ele e não quero perdê-lo. Me ajuda por favor!

  91. D disse:

    Oi, li o seu site e gostei muito.
    Preciso de uma ajuda profissional, fico com um menino há mais ou menos um ano, transamos no segundo encontro. Ele me ligava, ficávamos bastante tempo no telefone. Quando tinha uns 3 meses que estávamos ficando, brigamos e fiquei um mês sem falar com ele. Dai começamos a nos falar, ele queria me encontrar mas não queria só o encontrar para transar. Aí ficamos duas semanas sem nos falar, e ele começou a namorar.. Mas depois paralelamente voltamos a nos encontrar escondido, ele terminou o namoro 4 meses depois. Dai dava presente para ele, falava que o amava, ele nunca chegou a falar que me amava, mas às vezes me sentia retribuída. Ele dava crises de ciúme comigo, mas dai como eu cobrava muito, falava que queria namorar, e ele falava que não queria namorar com ninguém, mas sempre me ligava. Às vezes falava que “tava me querendo”. Sentia que era mais profundo isso, portanto eu dava muito ataque, crises de ciúme, que não aguentava ser só objeto sexual. Falei que a dele era horrível, comecei a me mostrar interessada por uns amigos dele, só pra fazer ciúmes, até que brigamos pelo telefone, internet, e ele não me ligou mais.
    Fiquei super pra baixo mas tentei reagir, todavia não consegui parar de pensar nele, não me aguentei e há uns 15 dias mandei mensagem pra ele, ele não falou nada no dia que mandei mensagem. Me ligou de madrugada e não atendei, ele me respondeu no dia seguinte tarde. Entrei o jogo e demorei o mesmo tempo pra o responder, falei a sentia falta de conversar com ele. Ele falou que quando eu quisesse podia ligar pra ele, portanto ainda não liguei, e estou com medo. Acho que ele pode estar ficando com alguém sério. Temos nos comunicado pouco através de mensagem mas nada demais, quero ligar pra ele, mas não sei como agir, não sei mas o que eu sinto. Mas queria tentar algo diferente mais uma vez.

  92. Thainá disse:

    Parabéns pela atitude de querer nos ajudar! Suas palavras me pareceram bem sinceras e verdadeiras. E as dicas são ótimas.

  93. Alessandra disse:

    Acho que os homens tem medo de mim… Sou confiante demais… Já sofri tanto que não acredito mais neles e sofro muito por isso.

  94. Naninha disse:

    Muito legal o site, é bom ver e compreender o outro lado!!

  95. Ana Cláudia disse:

    Estou trocando uns beijinhos com um cara que acabou de sair de um noivado que durou 6 anos. Trabalhamos juntos, e estamos nos beijando há mais ou menos quatro dias, e já me chamou pra assistirmos um filme a sós na casa dele, ele é tudo q eu imaginava pra mim, queria muito ir, mais tenho medo dele tentar uma transa e eu não resistir, e depois ele sumir por me achar fácil demais. O que faço?

  96. Camila disse:

    Eu quero muito um cara lá do bairro, eu já lancei olhares e tal mas ele veio conversar comigo sobre tudo menos a gente. Eu tou muito insegura… O que eu faço?

  97. Carla disse:

    Tenho 28 anos e nunca tive a oportunidade de ter um relacionamento mais sério, como noivado ou casamento, apesar de ter tido vários namorados na adolescência e juventude. Muitas pessoas do meu convívio elogiam minha beleza, inteligência e conduta. Mas nunca obtive êxito neste âmbito de minha vida. Hoje em dia estou namorando, mas tenho bastante dúvidas do real sentimento dele por mim…ele não me liga na semana, apenas aparece final de semana. Quando estamos juntos é tudo perfeito, mas essa ausência é a responsável por minha insegurança…ele também não diz se gosta de mim, raras as vezes. Me considero insegura, por nunca um relacionamento meu ter ido adiante!
    Gostaria muito de sua ajuda…Como devo proceder?

  98. Gabryella disse:

    Oie! Eu tô interessada em um garoto, mas eu não falo com ele. Tenho muita vontade de falar com ele, mas fico com vergonha de ele achar que sou oferecida. Me mande seu email, talvez você possa me ajudar.

  99. Nadine disse:

    Olá.
    Meus relacionamentos costumam ser desastrosos… Mas, eu dei um basta em todos eles!
    Tenho um encontro com um cara que conheci faz uma semana. Serei eu mesma, e se rolar que seja!
    Adquiri a seguinte opinião: não se decepciona quando não se espera.
    Cansei de caras despreparados!
    Eu quero alguém pra mim! Sendo esse, ou outro um dia chega!
    Fiquem Bem!!!

  100. Julia disse:

    Bom Dia, você é homem então me explique o que passa pela cabeça deste homem!
    Ele pedia para ficar comigo fazia meses mas eu a principio não estava interessada. Até que em uma festa ficamos e começamos a sair durante 2 semanas quase todos os dias, a conversa era ótima e ele sempre muito carinhosos. Nunca liguei, nunca puxei conversa sempre ele que me procurava. Até que um dia ele pediu se eu estava chateada porque eu não dava sinal de vida e tal, então no outro dia eu tomei a iniciativa de ir falar com ele, ele pediu para eu sair com ele naquela noite, e eu aceitei, me arrumei e fiquei esperando 1 hora, então liguei pra ver o que tinha acontecido, e ele não me atendeu. Bom fui dormir, no outro dia ele entrou no face, eu estava online, pensei que viria falar comigo, mas nada, NADA.
    E ai?! Eu deixei quieto, mas como você me explica esta atitude?

  101. Carla Kristina disse:

    Engraçado, depois de ler isso percebo que fiz tudo errado… Foram quase 10 meses de incertezas, desconfianças e esperanças… Conheci ele e de inicio a conexão foi perfeita… O tempo foi passando, acabamos nos conhecendo um pouco mais… Mas nunca passou disso. Fiquei todo esse tempo esperando, nunca forçando a barra… Até que quando tinhamos +- 6 meses, nao aguentei mais… E tive a “tal conversa”… Nao o pressionei para nada sério, disse que daria tempo ao tempo, mas que ele nao mostrava interesse algum em mim, perguntei o que achava de mim de verdade e se realmente gostava de mim… Bem, falei o que sentia, e que estava insegura na relação, falei ate algumas bobeiras que não faziam sentido, mas que demonstraram insegurança e dependência… Não sou uma pessoa com muitos amigos, ao contrario dele… Nos viamos todos os dias, depois passou apenas para os fdsemanas… Eu como toda boa apaixonada, estava cega, cedendo-lhe sexo facilmente e mostrando interesse pessoal… Mas mesmo assim ele nunca deixou eu me aproximar, conhecer seus amigos… Engraçado é que sua familia gostava de mim… Frequentava sua casa constantemente. Mas nunca me tornei intima, e quanto mais o tempo passava, mais a vontade de estar perto e de construir um relacionamento aumentava… Depois de um tempo, veio o choque: Descobri que ele tinha se relacionado com outra… Meu desespero veio a tona, mas esperei alguns dias para comentar com ele… Ate que ele me pressionou tanto a respeito de meu comportamento ter mudado repentinamente, que resolvi abrir o jogo, (novamente), dessa vez um pouco mais… Me mostrei mais fragilizada, enfatizando sua importancia em minha vida, mas que não conseguiria mais ficar junto a ele… Ele veio com suas desculpas, um chororô, perguntei-lhe entao: Voce gosta realmente de mim? De imediato ele respondeu que sim, deixei em suas mãos, falei que se não estivesse mais interessado, era para cair fora, sem dó… Ele insistiu na decisão de que ficaria comigo e me respeitaria… Nos dias que seguiram seu comportamento mudou da agua pro vinho, derrepente aquele cara que conheci, gentil e interessado voltou a aparecer… Fiquei mais aliviada, e pensei ter realmente me estabilizado na relação… Falava com orgulho que agora finalmente estava “quase” namorando, alguns até ja dizia que estava namorando, afinal, 9 meses?! Eis que algumas semanas depois, em um lugar muito inusitado, o cara despeja tudo na lata: “Eu nao gosto de você”… Assim, do nada… Aquilo veio como uma bomba em mim, não conseguia entender o porque daquela reação. Perguntei varias vezes o motivo, e ele nao soube explicar. Disse que tinha outra pessoa que estava mexendo com sua vida, (que por acaso, nao era a moça que descobri que se relacionou)… Foi uma moça que ele conheceu, antes de me conhecer… Isso acabou comigo… Todos dizem que ele deixou escapar a chance de ser feliz, mas no fundo, sei que a culpa é toda minha, de deixar escapar um cara no qual eu adimiro e gosto, um cara inteligente e que gostava das mesmas coisas que eu, sair das minhas maos sem eu poder fazer nada… Ele era um cara decidido, bem informado, esperto.. Encantador, pelo menos para mim… E o pior é saber que ele realmente não esta nem ai (afinal, quando uma pessoa nao gosta da outra, é natural a não importancia perante a situação da outra). Ele continua sua vida, com o pensamento de “ESTOU LIVRE DESTA CHATA”, (no fundo, eu deveria ser um porre para ele) e eu continuo aqui, sentindo sua falta, pensando em tudo que fiz para que ele se afastasse e preferisse outra… É triste e dolorozo, parece que “falta” literalmente um pedaço no peito. E a unica culpada por sentir isso é unica e exclusicamente eu!

  102. disse:

    Olá, por favor preciso muito de ajuda! Bem, eu namorei um rapaz durante 1 ano e meio e há 6 meses ele terminou comigo pelo Facebook. Acontece que eu o amo muito e quero voltar com ele. A questão foi que ao longo do meu relacionamento com ele eu comecei a ter várias crises depressivas e de ansiedade, além de eu ter cometido boa parte dos erros citados no artigo. Também uma coisa que me prejudicou em relação a ele, foi porque eu estava sem propósito nenhum de vida, não trabalhava, não estudava, vivia num ócio total! Consequentemente várias coisas começaram a ficar passando pela a minha cabeça, a carência e a falta dele eram insuportáveis. Também cheguei exigir muito, pegar no pé, correr atrás como eu fosse mãe dele, enfim, tudo juntou e se agravou, fazendo com que ele se afastasse de mim por não estrutura para lidar com os meus problemas… Aliás eu me tornei insuportável até para mim mesma, para minha família e amigos, cheguei afastar muitas pessoas por eu não estar equilibrada e estruturada. Eu fui a primeira namorada dele e fiz com que ele ficasse traumatizado, ele falou que precisava de um tempo, que a gente não ia dar certo, que não queria voltar comigo e que eu não ia mudar, porque ele não via nenhum empenho de mim em querer progredir… Também eu estava mal e perdida, como eu poderia fazer bem para alguém? Também hoje vejo que ele estava com razão, pois como uma pessoa vai pensar em casar com alguém que não fazia nada para progredir? Mesmo gostando talvez, do jeito que eu estava não estava dando, por estava fazendo mal para ele. Por eu viver ainda num mundo da fantasia do homem perfeito e de casamento, cheguei a fazer cobranças… Hoje eu percebo que errei muito e que o amo do jeito que ele é. Se ele já gostou de mim, ele pode voltar a gostar. O problema principal está comigo, mas é claro que nenhum relacionamento termina se ambos não chegaram errar. A questão que ele é teimoso e orgulhoso e que ele está me evitando por conta de tudo que aconteceu. Quero que ele me enxergue de outra forma, como uma nova mulher que vale a pena ficar e que ele cometeu o maior erro da vida dele em me dispensar… Como ele iria me dar valor se eu não estava me dando valor? Agora o que eu faço para mudar isso e reconquistar o homem que eu amo?

  103. Patrícia disse:

    Olá! Vou ser breve! Conheci um rapaz durante a minha caminhada semanal, no qual eu sempre faço. Faz 1 semana, isso ocorreu sexta passada, ele estava de carro passando, enfim… Pediu para falar comigo, então resolvi falar com ele, nós conversamos uns 5 min, ele perguntou se poderia me ver ainda no mesmo dia e eu disse que sim. Nos encontramos à noite no mesmo dia, ele foi simpático e tal… Aí, veio a história de sempre… Querendo passar a mão aqui outra ali, enfim… Resumindo estava tentando um sexo. Rsrsrs… Não permiti, ele me deixou em casa e durante o trajeto ele pediu para nos encontrarmos novamente no dia seguinte,(sábado) fui ao encontro no sábado e novamente a mesma coisa, quase rolou, ele me elogiou, disse que gostou de mim por eu ser difícil e que estava esperando ele resolver algumas questões dele. Ele disse que tinha um aniversário de um amigo dele no domingo e que talvez me ligaria para nós irmos juntos, mas não ligou. Liguei para ele no dia seguinte ao aniversário, deixei tocar 4 vezes e desliguei mas até hoje ele não me retornou e isso já faz 6 dias. A pergunta é: Devo ligar novamente ou devo deixar isso para lá e manter o meu orgulho?

  104. Andreia disse:

    Estou saindo com um cara há1 mês e de repente ele começou a ficar distante e cada vez mais frio… Tem duas semana que ele não me procura. Só quando quer, ele vem atrás dizendo que esta com saudades. O que eu devo fazer?

Deixe seu comentário

*