Melhorar Relacionamentos Amorosos

Hoje vou falar sobre dicas para melhorar os relacionamentos amorosos e vou revelar um segredo que vai ajudar você criar mais atração no seu relacionamento.

O que você acha que o homem da sua vida começasse a fazer as coisas que fazem você se sentir especial, mais amada e mais apreciada? Continue a ler para descobrir como criar esta situação para si e para o homem que está na sua vida.

O que eu vou dizer sobre as formas de criar e manter o interesse dos homens vai ser uma surpresa para você. Sabia que há uma coisa simples que pode “acender” o lado apaixonado, curioso e amável seu homem? Eu passei anos a estudar todos os fatores que levam a um relacionamento duradouro com amor e paixão.

Observei milhares de casais e olhei para as coisas que levam um homem bom a entrar num relacionamento sério com a mulher certa para ele.

As mulheres querem se sentir seguras e felizes com um homem a um nível físico e emocional… Eu sei como as mulheres podem ter estas emoções com um homem. Quando uma mulher gosta de um homem existem sempre dúvidas na cabeça das mulheres. A maioria das mulheres sente-se desconfortável naquela fase de incerteza de quando estão a conhecer um homem e a mostrar-lhe os seus sentimentos… Quando os relacionamentos amorosos ainda não estão assumidos.

A transição de um relacionamento casual para um relacionamento sério pode ser um momento emocional difícil e vulnerável… É um momento “perigoso” para a mulher. Eu tenho a certeza que sabe como é este momento de transição, mesmo depois de algumas semanas de conhecê-lo e já ter saído com ele.

Depois chega um dia que você percebe que você está realmente a gostar dele… O relacionamento deixou de ser casual e você não está só a “sair” ou “ficando” come ele. Você fica apaixonada por ele e é neste momento que você percebe que alguma coisa tem de acontecer – alguma coisa tem de mudar para você se sentir segura e feliz. O mínimo que você tem de fazer é proteger-se a si própria sabendo se ele quer algo sério ou não. Este é o momento onde está o risco porque é o vosso relacionamento pode melhorar ou quebrar por completo.

Não é por coincidência que durante este momento de incerteza entre o homem e a mulher, as mulheres tendem a fazer e a dizer coisas que NÃO AJUDAM a criar o relacionamento que desejam.

Existe uma estratégia simples que eu vou partilhar com você que é a melhor forma de melhorar e acelerar você para uma situação melhor na sua vida amorosa, independentemente da fase do relacionamento. Você vai se sentir mais confortável, segura, e “com controlo” sobre o seu coração. Assim você vai ter mais facilidade em fazer as coisas positivas e que melhoram o seu relacionamento, sem cometer os erros que o podem quebrar.

Ao seguir esta estratégia você vai evitar os 10 erros das mulheres de uma forma natural. Evitar esses ajuda a criar um relacionamento com mais paixão, mais cumplicidade e vai sentir-se mais realizada na vida e no amor.

O Que Não Fazer…

Primeiro vou falar no maior erro que você pode estar a cometer quando tenta melhorar o seu relacionamento. Este erro é uma estratégia que as mulheres seguem de forma INCONSCIENTE. Você deve evitar esta estratégia porque pode afastar o homem que você quer manter num relacionamento. Esta estratégia é a “Eu vou ensinar ele a me amar”.

Você já tentou “ensinar” um homem a gostar de você e tentou treinar ele para ter um “relacionamento sério” com você? Acho que você sabe do que estou a falar… Muitas mulheres fazem isso quando o homem com que estão as toma por certas depois da fase inicial de “lua de mel” da relação.

Parece que a “magia” inicial está a desaparecer e que ele não pensa sobre as suas necessidades ou sobre o futuro do vosso relacionamento. Você se senta com ele para ter uma “conversa” e fala sobre o assunto dando exemplos de coisas que ele fazia e que já não faz há muito tempo. Você diz que ele já não faz essas surpresas especiais, que ele não está tão atencioso e carinhoso…

No dia seguinte você recebe uma dúzia de flores no trabalho e são dele. É bom… Mas pelo amor de Deus! Receber essas flores no escritório não é espetacular porque você acabou de discutir com ele na noite anterior porque você queria que ele fosse mais romântico… E porque você tinha saudades das pequenas surpresas. Foi forçado!

É como se você tivesse feito a encomenda das rosas e ele comprou e entregou. Não há muito romantismo ai não é? Depois de você receber o que queria não sabe tão bem porque foi você a pedir! Parece que a magia desapareceu do relacionamento? Eu também já senti isso como homem, eu entendo.

Como é que você diz a um homem para ele ser melhor na cama ou um parceiro melhor se ele não percebe as coisas? Como é que você pode fazer isso sem ter de explicar as coisas detalhadamente e sem arruinar as boas emoções que vem dos gestos inesperados e românticos?

O que as mulheres fazem é o seguinte. Tentam ensinar aos homens as formas mais básicas de amar, ser um bom parceiro e ensinar como ter um relacionamento bom. Para mostrar o que eu quero dizer vou contar uma história.

Um homem e uma mulher saíram juntos durante um tempo e gostavam um do outro. As coisas estavam a ir lentamente, no caminho certo para se tornarem “sérias”. Tudo parece confortável e natural. Mas a mulher está a pensar em algo que ela não mencionou – uma grande preocupação, ela está sempre pensando no assunto. Ela nunca teve a “conversa sobre o relacionamento” ou com ele, por isso ela NÃO TEM A CERTEZA sobre o status do relacionamento e o que significa o relacionamento do ponto de vista dele.

Os sentimentos dela vão ficando mais fortes e ela começa a sentir uma coisa horrível… Ela começa a sentir-se VULNERÁVEL e com INCERTEZAS. Como ela não sabe o que se passa na cabeça dele e como ele não expressa interesse num relacionamento sério com a mulher, ela começa a ficar DOIDA! Os medos inconscientes começam a ganhar o controlo. Aquela atração suave e fácil já não está presente, o magnetismo e a ligação entre eles já não é o que era porque a mulher se está a tornar mais insegura.

Ele começa a afastar-se e ela começa a identificar comportamentos e emoções estranhas que não tinha identificado nele quando as coisas eram divertidas, fáceis e novas. Ele passa muito tempo com os passatempos e as atividades dele sem a convidar ou sem planear alguma coisa que eles possam fazer JUNTOS…

Parece que ele está constantemente preocupado com o trabalho ou com outras coisas e não está tão interessado nas conversas longas, reveladores e profundas que costumavam ter…

O pior de tudo é que eles tiveram mais desentendimentos do que “entendimentos”. Ele já não diz “Eu gosto muito de você” ou “Eu te amo” as como antes e já não dá tanto carinho. Agora ela não sabe o que deve fazer ou deixar de fazer para as coisas voltarem a ser o como eram.

Por isso ela tem uma ideia – Ela quer ser a mulher que o vai levar a entender que elas MERECEM MELHOR, e que eles podem ter um relacionamento amoroso lindo se ele fizer o que ela pedir, se ele escolher ela e se esforçar para as coisas funcionarem. Ela pensa que se realmente expressar o que ela SENTE POR ELE, que ele vai ver a luz, vai entender o que estava mal e vai correr para os braços dela.

Ela começa a dar mais afeto a ele, como se tocando e acariciando ele fosse soltar uma espécie de “reação amorosa”. Ela tenta explicar porque ela se sente infeliz e diz as razões. Ela esforça-se muito para ser compreensiva e “aberta”. Ela faz isso esperando receber amor e uma conexão com ele, dando tudo o que ele sempre desejou numa mulher para que vivam felizes para sempre.

Fim da história.

Agora me diga, como é que acha que a história acabou para a mulher? O homem dela “viu a luz”? Eles viveram felizes para sempre?

Eu quero que você pense nesta história e como ela se relaciona com a sua vida. Está a ver algumas semelhanças? Ainda bem, vamos falar sobre o assunto.

Entender a Psicologia Masculina – O Que Fazer em Vez de o “Ensinar a Amar”

A situação de a mulher tentar ensinar o homem a ficar com ela é muito comum. Os homens também fazem isso às mulheres. Eu também já fiz isso e o mais bizarro é que eu só agi assim com as mulheres que NÃO ERAM as mulheres certas para mim. Mas isso não me impediu de tentá-las mudar para ser a mulher “ideal” que eu queria.

Por causa dos sentimentos intensos que eu tinha no relacionamento, eu estava demasiado interessado nessas mulheres e em todos os detalhes da nossa vida juntos. Eu queria partilhar o meu amor com elas, eu queria mostrar que havia uma forma melhor de partilhar o nosso amor e ter um relacionamento melhor.

A realidade era outra e havia poucas coisas na dinâmica do relacionamento que realmente funcionavam PARA MIM. Eu estava a perder o meu tempo e a minha energia. Agora, olhando para trás, percebo o que se passou. O problema nestas situações foi que a ATRAÇÃO e a LIGAÇÃO que eu estava a sentir distorceram a minha perspectiva e não insisti no que eu realmente queria e gostava num relacionamento.

Os meus sentimentos e a necessidade de estar com a minha parceira naquele momento eram muito mais importantes do que ter o relacionamento saudável. Eu estava disposto a gastar o meu tempo, a minha energia e o meu afeto para tentar tornar uma mulher na pessoa certa para ter o relacionamento “perfeito”.

Em vez de olhar para a minha parceira como ela era, eu estava a compará-la constantemente com a pessoa que eu queria que ela fosse e tentei mudar cada vez mais o que elas faziam e que elas eram. Isso não é bom para nenhum dos dois.

Como eu estive no mesmo lugar, é fácil reconhecer quando mulheres estão a fazer a mesma coisa com os homens. E as mulheres fazem MUITO isso, e em vários aspetos do relacionamento. Isto lhe parece familiar? O que se passa? Na realidade é bastante simples.

Quando alguém se afasta de nós, ou age de forma distante e sem afeto… A nossa primeira reação é agarrar a pessoa e puxar ela para perto.
Tentamos falar sobre os assuntos que não estão bem na relação.
Você fica mais confusa e mais frustrada cada vez que não vê e recebe aquilo que quer.
Você fica frustrada e chateada por tudo e por nada – porque há tanta tensão.
E fazemos tudo isso sem sequer perceber o que se está a passar… E não vemos os efeitos negativos que isso tem em NÓS e na pessoa que amamos.

Se você quer criar um relacionamento amoroso melhor (um relacionamento onde o homem OUVE e toma AÇÃO) então você tem de PARAR de CRIAR TENSÃO. Você tem de parar de puxar ele para perto e tem de começar a ver a realidade. Quando conseguir fazer isso você vai estar na situação certa para ter os RESULTADOS e o relacionamento que você merece.

Para ter mais proximidade com o homem, você tem de fazer algo totalmente diferente – algo que vai CONTRA A INTUIÇÃO. Não é falar e “resolver” os problemas, medos ou o que VOCÊ ACHA que está mal nele e tentar que o seu parceiro mude de atitude. Isso pode parecer um passo “lógico”, mas raramente dá resultado. Aqui vai a estratégia secreta para resolver esse problema:

Pare de Tentar

Pare de tentar mostrar ao homem o que ele tem de fazer.
Pare de tentar mostrar ao homem que ele tem de ser diferente.
Pare de tentar dizer ao homem o que ele deve pensar ou o que deve sentir.

Essas coisas não funcionam e eu vou explicar por que. Existem duas opções que você pode tomar:

1ª Opção: Você pode ter um plano de referência EXTERNO para as suas necessidades, objetivos, realização, emoções e direção.

Aqui você olha para o que as OUTRAS PESSOAS estão a pensar e a fazer, muitas vezes você tem de seguir o caminho que outras pessoas lhe põem à frente.

2ª Opção: Você pode ter um plano de referencia INTERNO para as coisas mais importantes da sua vida.

Por outras palavras, VOCÊ decide o que quer, como se vai sentir, o que vai aceitar e o que não vai aceitar das outras pessoas. Aqui você vai na direção que você quer e vai atrás do que você deseja. As outras pessoas podem acompanhar você nesse caminho se quiserem.

Então qual é o seu plano de referência? Interno ou Externo?

Depois de observar e entender melhor a psicologia feminina eu descobri alguns fatores comuns. As mulheres felizes que eu vejo em relacionamentos amorosos saudáveis e maduros, são mulheres que utilizam o seu próprio plano de refêrencia como a sua “bússola emocional”. Elas têm uma direção e um caminho, e independentemente do que o homem faz, elas continuam na direção que ELAS QUEREM.

Quantas mulheres é que você conhece que foram por um “caminho errado” durante anos, com homens que elas na realidade não queriam? Aqui o mais importante não é o óbvio. Por estas mulheres terem uma “bússola interna”, elas NÃO FAZEM uma coisa que muitas outras mulheres fazem… Elas nunca deixam que os problemas emocionais ou as limitações dos homens se tornem a responsabilidade DELAS.

Claro que elas amam e apoiam o seu homem, mas o objetivo de vida delas não é tentar resolver o problema POR ELE. Elas olham para a situação e deixam o homem decidir por ele. Se você parar de tentar moldar o seu relacionamento para o que você acha que quer, e se começar a fazer as coisas com o seu “compasso natural”, você vai começar a criar de forma “natural” as situações que você quer com o HOMEM CERTO.

Eu já vi homens indecisos sobre relacionamentos sérios, a começar a desejar relacionamentos só por que a mulher fez uma mudança na mentalidade. Existem certas mudanças emocionais que mudam o comportamento do homem… Atraem os homens porque a mulher parece mais relaxada e menos chateada e frustrada com eles.

Em vez de ficar à espera do homem lhes dar as coisas que elas querem, estas mulheres mudaram a vida com a outra forma de RESPONDER às situações do dia. Se elas estavam infelizes com a vida, procuraram um emprego novo, voltaram a estudar, fizeram amigos novos, trataram do seu visual, etc… Elas não ficaram sentadas em casa à espera que o homem lhes completasse como pessoa…

E nunca se concentraram em melhorar o relacionamento amoroso na esperança de se SENTIREM MELHOR com a vida delas. É neste momento que algo de poderoso acontece neste processo:

Depois de fazer isso, a mulher começa a ver que ela está a ensinar o homem como ele deve como pensar nela – como uma mulher ou como amante ou namorada desejada e de grande valor.

Leia essa frase de novo. É importante. Só você é que pode ensinar um homem como ele deve tratar você. Andar preocupada sobre a forma de agir dele, tentar “arranjar” as falhas dele para você se sentir melhor é uma PERDA DE TEMPO. Existe uma coisa que eu chamo o “Equilíbrio do Relacionamento” que eu explico no meu livro. Esse é o pilar do que eu ensino às mulheres e é como eu as ajudo a entender como os relacionamentos, o amor e a atração funcionam.

Para pode subscrever a newsletter totalmente grátis. Para saber mais pode ler veja o meu Livro Como Conquistar um Homem e os outros artigos sobre como conquistar um homem, como seduzir um homem!

Comentários

  1. Ligia Cerqueira disse:

    Execelente, nunca havia feito uma leitura tão enriquecedora igual a deste livro. Valeu a pena ficar acordada até as 03h38min depois de um dia stressante, pois fiquei mais segura com tantas informações inovadoras. Parabéns.

  2. Suellen do Vale disse:

    Gostei muito do artigo, agora quero ler o livro!!!

  3. Cris disse:

    IMPRESSIONANTE! Os homens são mais complexos do que imaginava. Iremos viver nessa eterna incerteza de estarmos agradando. Me sinto uma completa tola esperando reconhecimento de um homem que não sabe se dar num relacionamento e ter coragem para assumir as consequencias. Eles querem proximidade mais não muita, carinho mais não muito. Eu prefiro ficar solteira a entrar nesse joguinho.

  4. Ellen disse:

    Adorei os conselhos desse artigo. Quero ler o livro, pois percebi que me identifico com assuntos de auto-ajuda. A pura realidade da vida se baseia nesse texto, as mulheres estão querendo transformar os homens nos homens dos contos de fadas, mas não sabem como! Simplismente você tem que deixar que ele perceba que você é a mulher da vida dele e não ficar esfregando isso na cara dele. Pois, independente que qualquer ocasião, a mulher NUNCA pode se rebeixar e humilhar-se para um homem e nem implorar o amor dele. Quando um homem não dá valor para uma mulher que pode ser a mãe dos filhos dele, ele não tem amor nem a si proprio. Você acha que vale a pena investir em um homem assim? Tenho apenas 17 anos, mas já sei de tudo isso, pois convivo com essa situação. Obrigada. MARAVILHOSO, quero ler o livro =D

  5. D. disse:

    Boa noite! Já tentei mais de que uma vez e não estou a conseguir efectuar a compra do livro. O meu cartao é Visa Electron. Aguardo resposta…

    • Conquistar um Homem disse:

      Cara Diana,

      Obrigado pelo seu interesse no livro. Para comprar precisa de um cartão de crédito. O cartão Visa Electron é cartão de débito e é por isso que não funciona!

      Melhores cumprimentos,

  6. Bruna disse:

    Olá, preciso da sua ajuda. Faz 2 meses que conheci um garoto do meu trabalho. Desde que nos conhecemos existe algo muito forte entre nós. Somos muito parecidos em todos os modos.. jeito, pensamentos, gostos, enfim. Quando nos conhecemos, ambos estavam namorando. Eu já terminei faz quase um mês por outros motivos. Desde aquele dia, ele fica ate mais tarde do horário dele no trabalho pra falar comigo. E confesso que também vou ate mais cedo pra vê-lo. Conversamos sempre a noite no MSN, e sempre tem indiretas (bem diretas!) das duas partes. Daí ele fica falando coisas do tipo, “vc mexe muito comigo” depois diz, “ahh to brincando haha” Mas as vezes parece que ele realmente ta só de brincadeira com essa história, parece que ele ta gostando desse joguinho… Faz algumas semanas que ele contou para uma amiga nossa que em uma vez que ele me levou ate o ponto de ônibus, quase não resistiu em me beijar. Uns três dias atrás no MSN, ele falou que não sabe o que fazer, que ta bem indeciso sobre o namoro dele.. porque já aconteceu que uma vez que ele tava namorando e apareceu alguém. O problema é que ele não fala com todas as palavras. Ele ta me enlouquecendo… não sei mais o que fazer. Por favor, me ajude. Obrigada!! =)

  7. Rosa disse:

    Obrigada pelo livro. Adorei

  8. Josiane disse:

    Boa noite, adorei o artigo. Você relatou certinho o que acontece conosco. Gostaria de uma opinião sua sobre o meu relacionamento complicado e enlouquecedor, você possui algum e-mail onde eu possa relatar? Muito obrigada… Abraços.

  9. Rosy Oliveira Teixeira disse:

    Adorei as dicas, ainda nao fiz coisas mencionadas, mas quando estava lendo me VI diante de sensações como parece que vou enloquecer. O homem com quem relacionava nunca foi de expressar sentimentos mas sinto que embora ter rompido ele ainda tem um sentimento por mim. Mas evita conversar comigo pessoalmente e quando me aproximo ele fica todo sem jeito desinquieto. É UM SINAL de alguma coisa mas nao sei o que é. Ficamos juntos 8 anos, tudo estava bom quando de repente depois de uma viagem onde ficamos juntos 10 dias ele simplesmente falou-me que o era parar pois EU tive atitudes e reações que nao o agradou, mas tambem nao quiz dizer quais foram e isto esta me deixando louca e nao sei o que fazer. Deixar pra la ou ir atras das justificativa. É uma sensaçao horrivel. Estou tentando comprar o livro mas nao esta dando certo.

  10. Aline disse:

    Nossa tou super impressionada com seu site, era o que eu estava precisando.
    Gostaria muito de sua ajuda, tou em um relacionamento a quase 1 ano so que ele vive cheio de altos e baixos… onde em algumas semanas ele diz que me ama me liga direto e outras ele fica bem indiferente a tudo o que acontece em minha vida, quando estamos em uma fase boa ele diz que me ama e ja me propos varias veses em casamento e me faz participar ativamente em sua vida, mas sempre adio um pouco por causa dos compromissos.

    Estou chegando em um ponto onde esses altos e baixos dele estão me deixando em nervos… Gosto muito dele e quando estamos bem sinto que ele também gosta muito de mim… Sinto que o que ele fala e de verdade mas porque tanta mudança repentina? Sera que ele precisa de um pouco de espaço… não sei o que fazer ele ficar assim mas nunca invadi muito o espaço dele quando ele se afasta assim procuro não invadir…

    Preciso de uma orientação.. e você sabe muito de relacionamento… PLEASE

  11. Nathalia disse:

    Oi, preciso da sua ajuda, não consigo me relacionar com ninguém, não sei seduzir ninguem, não entendo, os meus relacionamentos só são de sexo, não passa disso… o que eu faço? Me responde por favor.

  12. Lia Maria disse:

    Tinha certeza que algo de errado existia em mim em meus relacionamentos, pois ao me inscrever em um site de relacionamentos tive a certeza que era uma mulher bonita, sexy, atraente, pois em um mês tive mais de 420 visitas e 65% dos homens interessados em mim, mas não passava disto e ao comprar o livro deparei com meus erros, pois só conquisto homens mesmo na cama, uma certeza: seja uma dama da sociedade e uma puta na cama.

    Mas só os tinha a meu lado pelo sexo e os mantinha presos sempre a mim. Mas não é isto que desejo e quero para mim, e através de como conquistar um homem, colocarei em práticas suas ótimas dicas. Compre e irá saber onde estamos errando em nossos relacionamentos. Dou meu verdadeiro testemunho e uma certeza que já estou colocando as dicas em práticas.

    Abraços
    Porto Seguro – Ba

  13. Kellen disse:

    Em fracassos de relacionamentos anteriores que só me remetiam à depressão e muita tristeza, resolvi tornar a minha vida amorosa diferente, apartir do momento que eu encontrasse alguém que fosse a minha cara metade, entendesse a minha vida profissional, mas sei que nem tudo reluz como ouro, tão facil assim, então, ao navegar pela internet encontrei seu site que pude perceber todas as coisas erradas que eu vinha fazendo em meus relacionamentos anteriores.

    Eu até conseguia conquistar um homem, mas o perdia com facilidade e não entendia qual era o motivo disso, ficava frustrada cada vez que não se passava de um mês o meu relacionamento com algum cara. Mas acho que desta vez, tou indo pelo caminho certo, pelo que observei em seu site. E pretendo sempre estar visitando este site para tirar mais dúvidas, conto com você , sempre atualizando seu site e nos trazendo novas fórmulas de como se conquistar um homem e manter esse relacionamento duradouro. Beijos !!!

  14. Adriana disse:

    Adorei o artigo, principalmente as dicas. Não tenho dificuldades em conquistas, me relacionei a um tempo com um primo no qual se tornou o amor da minha vida, no início tudo era ideal fomos de modo impulsivo morar juntos, não tivemos tempo suficiente para nos adaptar e daí começamos a ter desentendimento de convivencia mesmo… sentia que ele me amava e eu idem, mas os desentendimentos estavam constantes…ele bebia demais e isso começou a me incomodar até eu perceber que ele era doente (alcólatra) lendo o artigo percebo que optei pela primeira opção, seguí minhas estratégicas em meus objetivos, minhas necessidades e claro segui sozinha, pq ele não me acompanhou se quer quis se ajudar… então não desistí, apenas parei de tentar…
    Beijos … Dri.

  15. Raquelzinha disse:

    Esse é sem dúvida o melhor tópico do site.
    Ainda não li o livro, mas estou muito interessada em lê-lo.
    Acho que nós mulheres devemos parar de vez de nos colocar no papel de vítimas e de ficar à espera eterna do príncipe encantado…
    Devemos ser realmente felizes sozinhas, ter uma felicidade autônoma, ser saudáveis em sentido emocional. Daí aparecerá o homem maravilhoso que quisermos ter como CONSEQUÊNCIA e não como a CAUSA da nossa felicidade.

  16. Regia disse:

    Bom dia! Em primeiro lugar quero parabeniza-lo por seu trabalho! Vejo que acaba sendo uma auto ajuda para muitos casais. Aproveitando o espaço gostaria de desabafar contigo.
    Estou em um relacionamento de oito anos no total, seis de namoro e dois de comunhão estavel. Antes éramos um casal que saimos muito e tinhamos muita afinidade no amor, depois da gravidez nosso relacionamento esfriou, nem eu sei explicar direito como isso aconteceu, pois o amo muito e ele também transmite o mesmo, mas na cama a coisa esfriou muito. Hoje em dia é muito raro sair juntos, e no sexo é a mesma coisa rola uma vez ou outra, já me culpei me achando feia. Tenho vontade de mudar esse meu jeito mas não consigo, fico a imaginar um tanto de coisas diferentes que posso fazer com ele, mas tenho medo de fazer e achar que não vai adiantar pois acho que ele não tem mais interesse por mim neste sentido. Gostaria de ouvir um conselho teu se for possível.
    Grande abraço! Saiba que terei o seu livro na cabeceira da minha cama.

  17. Izailma disse:

    Muito bom amei, amei, amei…

  18. Raquel disse:

    Nossa, muito bom! Tenho até desejo de comprar, me ajudou a cabeça e é verdade mesmo!

  19. Gessica disse:

    Amei tudo! Mas eu lhe peço ajuda pois não sei mais o que fazer, estou desesperada!

  20. Karine Ramalho disse:

    Poxa! Muito bom!
    Isso me ensinou muito.
    Estou indo agorinha mesmo compra o livro!

  21. Evanir disse:

    Olha, encontrei o que sempre procurei neste site. Parabéns!!!

  22. Isabella Campello disse:

    Muito interessante, depois de ler resolvi mudar a minha estratégia, porque percebi o quanto estava agindo errado… Obrigada!!!

  23. Ludmila disse:

    Amei este artigo e vou procurar comprar o livro!

  24. Marcella Luiza disse:

    Gostei muito do documentário. Nunca pensei que a cabeça dos homens fosse tao difícil, me ajudo muito. Tava pensando um jeito de conquista mais meu namorado… Obrigado.

  25. Rosimere Dias disse:

    Nossa adorei tudo o que li. Vou compra seu livro com certeza. Mas preciso de sua ajuda. Bom. Namoro à 2 anos e alguns meses. Tenho 23 anos e ele 24. Quando a gente tá junto é ótimo. A gente se dá muito bem. Eu sou independente, até mais que ele. Tenho carro, faço faculdade, trabalho. E desde que quando a gente se conheceu vivo moldando ele (sei disso), eu fiz ele fazer vestibular, eu o ajudei a escolher uma profissão e a pensar no futuro. Ele melhorou muito desde que começamos a namorar, desde a roupa, atitudes e pensamento no futuro. Só que ele não é romântico, ele não fazia nada por mim e eu tudo por ele. Quanto mais eu fazia menos ele fazia. Comecei a perceber que vivia por ele, como se ele fosse meu filho que eu tivesse que cuidar. Um horror. Resumindo, o nosso relacionamento era assim: eu reclamava de tudo o que ele não fazia e do que ele fazia. Nunca fui ciumenta e deixava ele livre. Até que um dia peguei o celular dele e vi que ele tava conversando com uma colega da faculdade. Então terminei. Sofri muito. Mas acabei voltando. Eu sei que o amo. E ele mesmo disse para mim que tinha se arrependido porque não fez nada no nosso relacionamento. Achei que dando uma chance ele fosse mudar. Mas nada. Não existe romantismo. Ele não faz nada por mim. Primeiro ele pensa nele e depois nos outros. A gente só se vê no final de semana e eu passo a semana toda chorando, mal. Porque não posso fazer mais nada. Já fiz de tudo. Já utilizei todas as armas. Me ajude por favor. Estou sem rumo.

  26. Aline xaviier disse:

    Olá, namoro à um ano e sete meses e tenho um filho de 4 meses. Me vejo em uma situação parecida com a mencionada por ti. Tenho muito medo de perder ele, gosto demais de tudo o que fazemos e o amo muito. Uns dias sem o ver já me enlouquece. Com o seu artigo abri meus olhos eu estava a fazer tudo errado mas graças as tuas palavras pude refletir e ver que tudo o que eu fazia só o afastava de mim. Obrigada por salvar meu relacionamento. Aline Xaviier, 21 anos, São Paulo.

  27. Viana disse:

    Olha achei muito bom ter lido esse artigo porque estava meio que perdida e você me ajudou muito. Obrigada!

  28. Tamara Sanchez disse:

    Olá. Gostei muito das informações do site e o livro deve ser excelente. Ultimamente tomei uma decisão, pensei o seguinte: se eu fizer sempre as mesmas coisas e tomar as mesmas atitudes nos meus relacionamentos, vou obter sempre os mesmos resultados. Então, as dicas são muito boas e mudam completamente nossas perspectivas, mudando nossas atitudes, o que fatalmente vai criar novos relacionamentos.

  29. Angella disse:

    Eu não entendo nada de relacionamentos, sofri em todos que entrei.

  30. Kênia disse:

    Está de parabéns… A melhor leitura que fiz na minha vida ;) Ótima de verdade!

  31. Claudia disse:

    Marcos, teu site é excelente!! Estou louca para comprar o Livro. Já li diversos artigos em outros sites, livros de auto ajuda e nenhum foi tão direto e esclarecedor como o seu. Obrigada pela sua compaixão e boa vontade em ajudar as pessoas, principalmente nós mulheres. Não preciso nem dizer que cometi praticamente todos os erros e atualmente. Estou tendo uma crise emocional em função disso que me fez cair na real e encontrar teu site. Só que Marcos, como é difícil mudar o comportamento!! Eu to tendo uma dificuldade tremenda, porque tinha esses comportamentos automáticos a anos, e tomar consciência dos meus erros nossa!! me fez sentir péssima, uma idiota, imagino que muitas mulheres devem ter passado por isso também. Mas claro, vejo o lado positivo disso tudo. Só que como é recente,talvez, estou tendo dificuldade de me desprender dos comportamentos e pensamentos viciados e seguir a vida, linda e poderosa ( como não estou me sentindo nesse momento, claro) To trabalhando meu auto controle para não ficar cuidando ele no MSN ou esperando (não tem como não esperar) ele fazer contato.
    Minha única dúvida, que não ficou muito clara nos artigos: depois de ter cometido diversos erros em tão pouco tempo (1 mês) e ter conseguido fazer ele perder todo(isso eu suponho) interesse e atração em mim, é possível reverter esse quadro? Estou agindo corretamente agora e já tive uma “cobrança” dele hoje, depois de alguns dias “sumida” e sem puxar papo, reclamando que eu não falo mais com ele. O preço é o mesmo não é? Ele também não falou mais comigo. Mas não reagi ao comentário, só ri e disse que andei ocupada. Oh bicho grilo esses Homens! Só que eu mudei completamente. Me sinto até desconfortável agindo assim, porque eu sou uma pessoa carinhosa por natureza e não poder expressar isso me dá a impressão de que ele vai perceber que não estou sendo natural ou que estou fazendo joguinhos. Na verdade meu maior erro era não saber como agir. Abraços e obrigada por esse presente! ;)

  32. Cléber disse:

    Parabéns, foi uma leitura enriquecedora, algo que nunca teria pensado sozinho, agradeço a ajuda, trouxe grande valor pra mim. Obrigado.

  33. Scarlet Miranda disse:

    Óbvio que o que foi relatado foi de acordo com as experiências do autor. Mas é óbvio também, que tudo é fato. Mulheres quando representam seus sentimentos se garantindo que o parceiro vai transmitir de volta, é totalmente errado. Pode acontecer, mas as probabilidades são extremamentes pequenas. O segredo é manter o equilíbrio e se garantir, mesmo sendo árduo, mas tente. Tenho 17 anos, totalmente inexperiênte, estou num momento complicadíssimo de meu namoro, fiquei procurando por muito tempo textos de auto-ajuda. Li esse, e identifiquei a minha situação. Excelente texto, espero que deem resultados com os atos que vou passar a ter.

Deixe seu comentário

*